Uncategorized

“No PT não voto mais”,
diz Antonio Fagundes

antonio-fagundes

O ator Antonio Fagundes disse à ISTOÉ que não vota mais no PT, mas também não vê muitas opções no horizonte de 2018. Ele é mais um dos milhões de brasileiros desiludidos com as atuais lideranças políticas.Fagundes não acha que Marina Silva seja opção e torce para que Aécio Neves apresente uma proposta de governo.

“No PT eu não voto mais. Todo mundo que votava no partido e brigava por ele fazia isso por uma integridade que estamos vendo que não existe. Era o meu caso. Eu mudei bastante quando deixei de ver essa ética pela qual lutei e acreditei”. “Eu odeio imaginar que vou anular ou votar em branco. O voto é uma possibilidade que temos na mão para participarmos, para mudarmos essa porcaria”.

O Antagonista

11 Comentários

  1. Sergio Silvestre Responder

    Dizem que ele também mudou seus gostos sexuais,mas ai vem aquela maxima que eu já cansei de escrever
    “o homem nasce comunista,vai para o centro e na velhice se cagando de medo de morrer entra para uma igreja,depois fica sistemático e raivoso com os comunistas do Passado.
    EX..,;bicudo,goulart e mais uma pá de velhotes .

  2. Eu duvido que ele tenha votado no PT, quem votou não se arrepende, pois sabe que tem mais gente honrado do que PSDB, agora de PT mudar para PSDB, tenha paciência isto é fake.

  3. Se desiludiu com Lula, né seu Fagundes!!! Pudera, o safado nem bem acabou seu mandato, e já apressou-se em pegar sua parte no esquema do Petrolão!!! É claro que tentou esquentar a grana, alegando tratar-se de grana de “palestras e doações”, tese que não resiste a cinco minutos de investigação da Polícia Federal!!! E ainda por cima, agiu acintosamente, inclusive editando legislações, para viabilizar benefícios a seus amigos mega-empresários e à seus familiares!! Sem falar no chamado “lobby”, usando de sua influência política para liberar bilhões do BNDES para os amigos, enquanto estes separavam uma parte para ele!!! E esse cara de p.a.u. ainda tem coragem de vir a público querendo dar lição de moral em seus adversários!!! Só mesmo um IDIOTA para apoiar um sujeitinho desses!!!

  4. Lembro-me da atriz Regina Duarte, na campanha eleitoral em 2002, quando indignada dizia: “Querem jogar nosso Brasil no lixo?”.
    Enganado e com esperanças de um Brasil mais justo, à época, desgraçadamente votei nesse verme chamado Luiz Inácio Lula da Silva. Hoje, arrependido por ter ajudado a criar essa praga e por não ter dado ouvidos à Regina Duarte, vejo um Brasil roubado, podre pela corrupção instalada por este dejeto humano chamado Lula.

  5. É MAS AINDA TEM UM PUNHADO DE OTÁRIOS QUE VOTA NESSA QUADRILHA DE VAGABUNDOS,PRINCIPALMENTE NO VELHACO BÊBADO DE NOVE DEDOS.

  6. Eleitor do Paraná Responder

    Estou com você Fagundes, e vou além, não voto no PT como um todo, não voto mais no Beto Richa, não voto mais no Traiano, não voto mais no Romanelli, e asseguro que não sou só eu.

  7. Henrique Aparecido Gomes Responder

    O que tem que mudar não são os politicos, e sim o sistema viciado em querer ganhar tudo e roubar o que pode. Temos que nós fazermos o salário destes déspotas e aprovar tudo o que eles quiserem fazer de projetos e de beneficios, seja para quem for. Temos que conhecer tudo o que se passa nasnoitadas do congresso e anular se for errada ou aprovar se for certa para todos os contribuintes.
    Se tivermos essa força, pode por qualquer um concursado para governar o Brasil e fazer leis. temos que eleger não políticos e sim administradores que saibam tomar atitudes em favor do país.
    O que precisamos é nos elitizarmos e politizarmos, para podermos saber como aprovar ou anular qualquer atitude de nossos representantes, afinal são nossos representantes, nossos funcionários, pois nenhum empresário dá a seu funcionário o poder de tomar decisões podres em seu nome. E se este funcionário o fizer que seja demitido imediatamente sem qualquer direito de defesa, pois concorreu para o prejuízo do patrão, que é o único responsável pelo pagamento de seu salário.
    Creio que este será o único meio de crescermos juntos com nosso país.
    Se eu estiver errado, não me poupem de comentários, mas que sejam sensatos não me venham com abobrinhas, com menos sabor que a minha. Seja em primeiro lugar melhor que eu, se não for, não gaste seu fôlego para me criticar.

Comente