Uncategorized

O custo da pompa presidencial

Qualquer cidadão de país onde a civilização pegou, fica pasmo ao saber o custo de nossas pompas ibéricas no poder. Veja aqui quanto nos custa a Presidência da República. No ano passado, R$ 9,3 bilhões, um aumento real de 210% nos últimos dez anos. Mais: a irrigação e a jardinagem do Alvorada custam R$ 4 milhões anuais; assessores e mão de obra terceirizada, de secretárias a faxineiros, somam R$ 220 milhões por ano; vigilância e limpeza, mais R$ 5,7 milhões; nas copas, por onde circulam 88 garçons e 58 copeiras, a prestação de serviços soma R$ 7,4 milhões; e os gastos de alimentação do Planalto alcançam R$ 16 milhões por ano. Ou seja: R$ 44 mil por dia, equivalente a 56 salários mínimos. O Brasil é um país alegre. Nós pagamos essa alegria.

8 Comentários

  1. Em 1889, mil réis, a moeda da época, equivalia a 0,9 grama de ouro, exatamente R$ 132,30 na cotação de 21/10/2015. A dotação anual da Casa Imperal era de 800 contos de réis, o que hoje corresponde a pouco menos de 106 milhões de reais
    Como isso era muito dinheiro, um grupelho de republicanos expulsou o Imperador e proclamou a República. A Presidência da República custou 9,3 bilhões de reais em 2014. Viva a República.

  2. Por estas e outras “pedaladas” que o governo continua imprimindo
    ao povo brasileiro é que este governo maldito tem que cair fora.
    Em outro país um pouco mais civilizado este governo teria sido
    fuzilado e o assunto tornaria coisa do passado. Um governo que
    nos rouba escancaradamente e não faz a tarefa de casa reduzindo
    o próprio gasto (aumentou em 210 % ou mais as despesas só do
    Palácio da Roubalheira) não tem moral para continuar existindo.
    Estes caras precisam cair fora já !!!

  3. -O custo para manter toda esta estrutura é causar vergonha e indignação nos brasileiros…
    -A presidenta falar em cortar gastos, mas o que vemos, é pura exorbitância com o dinheiro pública, a falta de responsabilidade, o total descrédito perante a opinião pública!!!
    -Desta forma, e se investigar mais, ficará muito fácil o rito jurídico do impeachment…
    -E pensar que os gastos são referentes apenas a Presidência, fora os demais ministérios, Câmara dos Deputados, Senado e outros “torradores do dinheiro público”….

Comente