Uncategorized

Picler: “O coração falou mais alto!”

Prof.-Picler-13.5.15

O Chanceler do Centro Universitário Uninter e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Uninter, empresário da educação e pré-candidato à Prefeitura de Curitiba, Wilson Picler, afirmou que não concorrerá ao cargo de Prefeito da Capital nas eleições de 2016. Aconselhado por amigos, parentes, colaboradores, assessores e correligionários, Picler continuará à frente da nova fase do seu Grupo. A Uninter atravessa um momento muito positivo e está sendo preparada para se transformar em Universidade, e a participação de Picler no comando da Uninter é algo primordial neste momento estratégico para a instituição.

“O presidente é o nosso grande gestor e é peça essencial para que a Uninter possa continuar crescendo de forma sustentável, contribuindo para que mais de 50 mil pessoas se formem com qualidade, anualmente, em todo o Brasil”, afirmou Alfredo Pires, Assessor da Presidência.

O Reitor Benhur Gaio e seus colaboradores acadêmicos foram os mais ferrenhos incentivadores para que Wilson permanecesse no comando: “ O Wilson é o coração da Uninter. Todos os funcionários têm em sua liderança uma fonte inspiradora de profissionalismo”, disse Benhur.

Professores, tutores, corpo diretivo, sem exceção, pediam a sua não entrada nesse processo confuso e corrupto em que se transformou hoje o sistema político brasileiro. Mas foi de sua família que veio o maior clamor. Começou em Gabriel, seu pai, fez eco em Edimílson, seu irmão mais velho, com total apoio de Raul, filho de Wilson Picler, todos executivos da Uninter.

Raul foi contundente: “O Wilson é o idealizador da Uninter e ainda tem muito com o que contribuir para o avanço da instituição e da educação. Sua criatividade beira à genialidade em certos momentos. Ele é altamente intuitivo e consegue enxergar acontecimentos que poucos se atentam.”
Seu irmão Edimilson sentenciou: “ O Picler gasta seus recursos próprios com a política, não aceita doações, sacrifica seus prazeres e conforto pessoal, e a política só lhe retribui com amarguras. Acho que ele deve se dedicar ao que deu muito certo na sua vida que é a Uninter.”

Sensibilizado e bastante emocionado, com tantos pedidos e argumentos, Wilson foi enfático: “Deixo minha candidatura em prol da minha empresa que hoje emprega mais de 2000 colaboradores e gera oportunidades para mais de 150.000 pessoas. A Uninter já formou e qualificou cerca de meio milhão de pessoas e se tornou uma das maiores instituições de educação superior do país. Está presente em mais de 450 cidades brasileiras em todas as unidades da federação.Auditada por uma das maiores empresas de auditorias independentes do mundo a PriceWaterhouseCoopers (PWC), desde 2010, com todos os relatórios aprovados e com pareceres sem restrição, fato que atesta o elevado nível de gestão e de conformidade legal. AUninter se prepara para abertura de capital na Bolsa de Valores nos próximos anos e pretende se transformar em uma nova consolidadora do segmento de Educação Superior. Neste sentido o meu afastamento da política nestes próximos anos é comemorado, não somente pelos docentes , discentes e servidores mas, sobretudo, pelos potenciais investidores internacionais, que observam a política brasileira com muita desconfiança.

Wilson Picler, feliz com tantas manifestações de carinho e respeito, afirmou: “Nunca me faltou apoio na política, sempre fui bem votado, na última eleição fiz 69.215 votos. Quase o dobro do último eleito, mas problemas de coligações me tiraram a vaga em 2010 e, em 2014, optei por não concorrer para cuidar da minha empresa e novamente faço isso hoje. Não sei dizer se no futuro eu serei um político. O que posso dizer é que, no presente, eu sou um empresário bem sucedido e vou dar continuidade ao projeto educacional Uninter.mA causa da Educação sempre ocupou um grande espaço em minha vida, então, o coração falou mais alto”, finalizou.

15 Comentários

  1. Pois é, os bons, pelo menos imaginamos isso, desistem ou se omitem, sempre nos interesses próprios. Não que estejam errados nisso. Mas dessa forma a política sobra para os que fazem da política a sua profissão, sempre buscando vantagens, benesses e outras coisas mais. Assim não podemos imaginar uma solução para este País. Todos gritam que assim não dá, mas poucos, muito poucos fazem de fato alguma coisa prá mudar.
    É uma pena realmente.

  2. Não entendi o espaço dado para esta notícia… Vamos aguardar porque, mais para a frente, a coisa ficará mais clara.

  3. O cara não é unanimidade nem dentro do próprio partido, como pdoe se meter em uma aventura deste tamanho? E ainda está se ressentindo com a perda de tantos milhões de reais que torrou na última vez que se meteu a candidato.

  4. Gerson Ricardo Garcia .'. Responder

    Parabéns Picler pela sua postura e decisão.
    Empresários, Políticos e Cidadãos como você o Brasil precisa.
    Fica aqui meu manifesto de admiração e estima.

  5. Margarete Santos Responder

    Bom dia!!
    Também acredito que o Prof. Picler foi e continua sendo a base do Grupo UNINTER. Trabalhei com ele por muitos anos e o admiro muito, agora ainda mais por deixar a política.
    Abraços
    Margarete Santos

  6. joão Defreitas Responder

    -Parece que o Wilson vislumbrou a possibilidade de encontrar-se consigo mesmo. Sensatez.

  7. AGORA DEU UM SINAL CLARO DE INTELIGÊNCIA….!!!!!
    CUIDE DA SUA VIDA….DE SEU TRABALHO E DA FAMILIA.!!!!!
    PN. prof.

  8. Partido que se vende, recebe sempre mais do que vale. Sábia atitude do Picler. Procure um partido sério.

  9. Nunca tive dúvida sobre o nível de responsabilidade profissional e, acima de tudo, da sensatez que sempre estiveram muito presentes na conduta moral e ética do Professor Picler. Mais uma fez colocou a educação acima de si mesmo. Maravilha.

  10. CONCORDO PLENAMENTE COM O COMENTÁRIO DO “zeca”. BALÃO DE ENSAIO LANÇADO PRA VENDER MAIS CARO LÁ NA FRENTE. ESTE “cara” PENSA QUE O ELEITOR CURITIBANO É IDIOTA. TÁ REDONDAMENTE ENGANADO. VÁ LÁ PRA BRASÍLIA E CONTINUE DANDO SEU APOIO PRA “dilmANTA”, GREISI “falsa barbie”, BOB REQ “o comedor de mamonas”, etc, etc

  11. Vanessa Fontana Responder

    Os motivos de Wilson Picler não sair candidato a Prefeitura de Curitiba. Concordo com todos os argumentos dos meus colegas e diretores, só chamo atenção para um aspecto, homens como Wilson Picler, demonstram que o espaço político não é somente da baderna e da roubalheira é também de gente séria e que tem planos para o futuro do Brasil. A sua presença pode valorizar a política como o espaço da diferença e do dissenso, azar da cidade de Curitiba e sorte do UNINTER que continua com o seu gênio criador. Certamente, concordo com o Raul Picler, Wilson é um gênio. Abrimos mão dele no campo da política e lá vem mais do mesmo…. Mas respeito a sua decisão…

  12. Meus parabéns ao Professor Wilson Picler, pelo excelente trabalho que ele vem dispontando na área educacional , através do Instituto Wilson Picler !!!!

Comente