Uncategorized

Marina não quer Temer, mas admite novas eleições

marina
Potencial presidenciável, a ex-senadora Marina Silva diz que a atual ação de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff não deve prosperar; “O processo já está contaminado pela acusação de chantagem por parte do governo, do vice-presidente e pela tentativa de barganha da oposição. Ambos queriam blindar o Cunha”, diz ela; no entanto, a fundadora da Rede defende o avanço do processo no TSE que pode cassar tanto Dilma quanto Michel Temer; “Entendemos que a melhor coisa a se fazer é dar sustentação ao julgamento da ação de impugnação de mandato eletivo movida contra a chapa que está no TSE. Esse é o caminho que tira o espaço da chantagem e da barganha”; ou seja, Marina não quer Temer, mas aceita novas eleições

3 Comentários

  1. Marina não é confiável, cada dia fala uma coisa que lhe interessa e convém.
    Diz ser ambientalista , não é , simplesmente é uma oportunista, usa essas bandeiras; ambiente, sustentabilidade , só pra ganhar votos
    Prova maior tivemos agora com a maior tragédia ambiental do mundo e ela se quer foi ao menos conhecer Mariana e mais , não deu uma opinião para ajudar o meio ambiente, não deu um pio sobre a desgraça ambiental no Brasil.

  2. Um dos motivos para defenestrar a MARINA da Política.

    É Evangélica, não aprendeu o básico:

    Quer servir a DOIS SENHORES!

    Na verdade, UM SENHOR:
    O INTERESSE DELA.

    Vai continuar sendo a candidata MEDÍCRE que sempre foi.

  3. Basta de comunistas dirigindo o Brasil. Treze anos já foram suficientes, aliás tempo demais.

    É preciso colocar o país no século XXI.

Comente