Uncategorized

‘Dilma nunca confiou
em mim’, diz Temer

dilma e temer

“Ela nunca confiou em mim.” Foi essa a reação, em conversa com amigos neste domingo (6), do vice-presidente Michel Temer (PMDB-SP) às declarações da presidente Dilma Rousseff de que espera “integral confiança” do peemedebista durante a tramitação do processo de impeachment contra ela. As informações são de Valdo Cruz e Gustavo Uribe na Folha de S. Paulo.

Desde a decisão do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de aceitar o pedido de afastamento da petista, Temer evitou dar declarações públicas em defesa de Dilma, o que gerou reclamações do governo federal e até desentendimentos entre os dois lados.

No sábado (5), em viagem a Pernambuco, a presidente afirmou: “Espero integral confiança do Michel Temer e tenho certeza que ele a dará. Conheço o Temer como político, como pessoa e como grande constitucionalista”.

9 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Não é função do vice-presidente sair em defesa da presidente, nem de ninguém. Dilma resolveu fazer do impeachment uma guerra civil de baixo calão e nível de sarjeta, como é o costume lulopetista, então, que chafurde sozinha na lama onde nasceu politicamente.

  2. Dilma sempre tratou mal, isto é, deixava o mesmo fora do foco político, no primeiro governo, e, agora tenta se agarrar ao mesmo, pois o considerava uma figura decorativa, sem função específica em seu Governo. Agora pede água e lealdade para o Vice, algo que lhe deve dar tremor por ser recusado tal apelo.

  3. Diz o velho ditado: ladrão que rouba ladrão, tem cem anos de perdão.
    Pois bem: quem mente para quem mente, tem direito (mesmo que não mereça) a governar como presidente.

  4. KKKKKKK + KKKKKK
    Parece conversa de pré-adolescente que apanha todos os dias dos colegas de aula. “A Dilma nunca confiou em mim”.
    Mas onde vamos parar. Por essa e por outras tiradas, que chegamos a sentir saudade de alguns mandatários da revolução. Alguns, e que fique bem claro.
    O Brasil está carente de líderes que, quando falam, deixam a primeira pessoa de lado e abre o verbo no coletivo.
    Vejo o grande advogado e vice-presidente Michel Temer, como um homem mais que preparado pelo seu histórico político.
    Mas, com falas deste nível, cai por terra grande parte de toda a minha consideração.

  5. Não tenho nenhuma simpatia para com Michel Temer.
    Mas era assim. Um jogo da seleção brasileira perdendo feio para o adversário, enquanto um perna de pau continuava jogando (no caso a Dilma) Neymar (Temer) ficava no banco de reserva, vendo o time perder.
    Ora sempre foi deixado em segundo, terceiro plano, ignorado solenemente pela Ilustre Presidente e pelo PT, que governava sozinho, e agora quer o que a anta? Solidariedade?
    Não sei como Michel Temer, advogado, doutor em Direito,professor se deixou tratar desse jeito. É melhor que ele esteja mesmo conspirando contra Dilma e o PT para o bem do Brasil. Pelo menos esse é doutor, professor e não analfabeto com a Pres. Dilma e o PT em geral.

Comente