Uncategorized

Janot pede prazo maior para investigar Renan, Gleisi e outros sete

gleisi-renan

Folhapress

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou ao STF (Supremo Tribunal Federal) pedido de prorrogação de inquéritos que investigam a ligação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RJ), e mais sete congressistas com o esquema de corrupção da Petrobras.

Essa é a quarta extensão requisitada pela Procuradoria nesses casos, que começaram a ser apurados em março. Com isso, as apurações devem se estender até fevereiro.

Ao todo, Renan é alvo de cinco inquéritos que investigam sua suposta participação nos desvios da estatal. Cada um investiga um fato diferente. Há suspeita de que o peemedebista tenha sido beneficiado com pagamento de propina de contratos de navio-sonda e ainda recursos da Transpetro. O deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE), apontado como intermediário de Renan no esquema, também é alvo no Supremo.

Os pedidos serão analisados pelo ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo.

Janot quer ainda mais prazo para investigar os senadores Gleisi Hoffmann (PT-PR), Valdir Raupp (PMDB-RO), Humberto Costa (PT-PE), Edison Lobão (PMDB-MA), Lindbergh Farias (PT-RJ), além do deputado José Mentor (PT-SP) e do ex-deputado João Pizzolatti (PP-SC).

Teori já ampliou as investigações de outro inquérito envolvendo o senador Edison Lobão, o senador Fernando Bezerra (PSB-PE), e os deputados Simão Sessim (PP-RJ), José Otávio Germano (PP-RS) e Dudu da Fonte (PP-PE).

Ao todo, o Supremo investiga 68 pessoas, sendo 14 senadores, 23 deputados, o ministro de Estado Edinho Silva (Comunicação) e o ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) Raimundo Carreiro por suspeita de ligação com a Lava Jato.

4 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    No caso destes senadores o prazo será estendido por prazo indeterminado, até o fim do mandato dos mesmos. É a república bananeira do Brasil onde todos são iguais perante a lei, mas, alguns são bem mais iguais que outros.

  2. Porém terminado o mandado sem foro privilegiado, se Sérgio Moro ainda for Juiz da Lava Jato essa rapaziada toda estará ferrada!

  3. Caro FÁBIO, como esses políticos possuem estrutura política, eles retornam como o COLLOR retornou. Preso eles não ficam. Então entendo que deve ser retirado todo o patrimônio e recursos para ressarcir os cofres da UNIÃO. Pobres, sem recursos, e como não sabem trabalhar honestamente, ficaram ao limbo, e a nação livres desses párias. Atenciosamente.

  4. De olho nas notícias! Responder

    Por isso mesmo é que Delcídio deve abrir o bico logo. Dois pesos e duas medidas????? Delata logo Delcídio!

Comente