Uncategorized

Baixo clero

Por Fábio Campana

Por dever de ofício, assisti a reunião do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados. Fiquei pasmo. Troca de insultos em baixo calão, pugilato, ataques de nervos e muita desfaçatez no enfrentamento entre a turma do Eduardo Cunha e a rapaziada que quer derrubá-lo da presidência da Câmara.

As cenas de baixaria explícita são emblemáticas de um país que perdeu o rumo ao ficar nas mãos da pior safra de políticos de toda a história da República. Só restou o baixo clero. Ninguém que mereça ser lembrado pelo exercício de inteligência. Nenhum brilho. Só lugar comum, despreparo, ignorância e uma esperteza de malandro de parque.

O Alto Clero, expressão que designava o time de políticos da altura de Ulysses Guimarães, Carlos Lacerda, Fernando Henrique Cardoso, para citar nomes de várias épocas, desapareceu da política nativa. Restaram alguns nomes que merecem respeito, mas são poucos e periféricos. Nenhum que possa ser comparado, digamos, a Roberto Campos ou mesmo a Leonel Brizola.

No topo, a comandar o espetáculo de nossa política mambembe, estão figuras do porte de Renan Calheiros, Eduardo Cunha, Gleisi Hoffmann, Collor de Mello e assemelhados. Se estes são os referenciais, imaginem os epígonos. No governo, Dilma Rousseff, que não consegue nem mesmo expressar o que pensa. Se é que pensa. Um ministério chinfrim constituído pelo que restou do PT depois da Lava Jato. Medíocre. É a nossa sina.

16 Comentários

  1. Parabéns Mestre! – Um banho de bola nessa garotada atual, medíocre, porém atrevida, que escreve ou resmunga nos melhores veículos da mídia nacional, sem conseguir entender o próprio texto, que sai das faculdades com a mente distorcida pela lavagem cerebral sofrida desde os primeiros bancos escolares, que citam Marx; Mao; Lenin, Fidel; Guevara, Lula, Chávez, entre outros bandidos e assassinos vermelhos, sem saber direito sequer de quem se trata, e o que realmente fizeram ao longo de suas tristes vidas.
    E devemos ao maldito petismo, o surgimento da atual safra política brasileira, que poderia estar em qualquer lugar no Brasil, desde que fosse na cadeia; muito menos ocupando cargos no poder, em todas as esferas, e falando em nome do povo brasileiro.

  2. Pilantra! Safado! Ladrão! Vagabundo! Sem vergonha!
    Briga no conselho de ética? Que nada. Só chamada nominal.

  3. Parabéns Fabio Campana, soube expressar em poucas palavras a verdadeira situação, que nos tornou reféns, dessa corja. Imagino porque você poupou os capa preta lá de cima. Mesmo a Igreja quando abre a boca é só besteira.
    Palavras do Paulo Martins –

    DEUS PORQUE NOS ABANDONASTES!

  4. É o resultado de 13 anos do PT no poder:falência absoluta em todos os níveis da sociedade.
    Sorrateiramente,o PT conseguiu a destruição do sistema educacional,da economia,da política e de todas as instituições públicas.
    Tirá-los do poder é só o passo incial para reconstruir o País.A limpeza de todas as instituições impregnadas pelo lulopetismo levará anos e será muito mais difícil do que o impeachment da Dilma.

  5. Fábio, em que país este senhor ” Sergio R.” está? Será que este senhor não é um alienígena que caiu da sua nave?

  6. ESSA ” CASA DE LEIS ” NUNCA FOI GRANDE COISA,POREM NESSA ÚLTIMA DÉCADA SOB O DESGOVERNO IMUNDO DESSA CORJA DE COMUNO CORRU-PT-OS,CHEGOU AO ESGOTO.

  7. Aquilo é um reflexo do que é a nossa sociedade hoje. Em qualquer nível de governo, federal, estadual, municipal, em qualquer órgão público, existem roubos, falcatruas, sacanagens. Todo dia tem uma notícia ruim. Ontem foi em Pernambuco, roubos no Hemopar de lá, com gente jogando dinheiro pela janela. Hoje, no Rio de Janeiro gente sendo presa, com carrões, mansões e tudo mais. O Judiciário concedendo benesses a torto e direito para todos do seu grupo, como se não tivessem nada a ver com a situação do País. Aquele bando que está lá foi nós que colocamos. Do jeito que está, gente boa não se candidata, só pilantra. E nem se precisa falar de partidos, porque são todos. A responsabilidade e nossa. O que fazemos, além de escrever externando nosso inconformismo? Nada. E assim caminha a humanidade.

  8. Muito bom. Vale a pena relembrar ainda Afonso Arinos, Aliomar Baleeiro, Prado Kelly, Bilac Pinto, Gustavo Capanema, Adaucto Lúcio Cardoso entre outros luminares. Gigantes, comparados a estes anões do parlamento.

  9. O nosso Congresso é composto por gente igualzinha a que compõe a nossa Câmara de Vereadores, com o mesmo tipo de gente, ou seja, só dá gentinha.

  10. Sim, esse é o quadro não só nacional como, não esqueçamos, estadual, respingando a municipalidades.
    Estamos vencendo 60 meses de gestão estadual e o que?
    Nada de positivo que a história possa registrar com respeito à politicagem reinante no executivo e legislativo, respingando a tribunal de contas e judiciário.
    É ruim ou pode piorar?

  11. Parabéns Fábio, o que você escreveu foi literalmente o que ocorreu. Inexiste respeito entre SUAS EXCELÊNCIAS e também com o povo brasileiro. É uma verdadeira CASA DE TOLERÂNCIA, faltando única e exclusivamente as LUZES VERMELHAS, próprios dos LUPANARES brasileiros. A safadeza e a falta de fundamentação de argumentos fazem com que os mesmos se agridam, tanto física quanto verbalmente com palavras de baixo calão. A falta de lucidez e coerência predomina nesse campo político de ignorantes.

Comente