Uncategorized

Fruet usará R$ 100 mi
de depósitos judiciais

Gazeta do Povo

Valores depositados na Justiça enquanto não há sentença poderão ser usados pela prefeitura de Curitiba para o pagamento de algumas despesas específicas. O pedido do prefeito Gustavo Fruet (PDT) foi aprovado em votação nesta terça-feira (15) pelos vereadores. Fruet tem planos para usar o dinheiro ainda em 2015: pagar R$ 26 milhões em precatórios. A estimativa é de que até R$ 100 milhões podem ser gastos. Com informações de Katia Brembatti na Gazeta do Povo

A secretária Eleonora Fruet (Finanças) assegura que o recurso será usado apenas para as despesas previstas em lei. Somente é permitido quitar precatórios, dívidas fundadas, investimentos, débitos previdenciários e para a formação de fundo garantidor (instrumento usado em parcerias público-privadas).

5 Comentários

  1. ELEITOR DE BOA MEMORIA Responder

    UÉ O PT NÃO VAI BATER PANELAS E FAZER MANIFESTAÇÃO CONTRA ??????ONDE ESTA A COERENCIA ????

  2. Se ele pagar as dividas previdenciárias, não vai sobrar nada… pois já deve mais de 100 milhões para a previdência dos servidores.

    Basta confirmar com os sindicatos ligados a prefeitura de Curitiba.

  3. Curitiba poderia passar por uma reengenharia de processos e procedimentos, investir na qualificação funcional e reduzir os apaziguados, comissionados, fantasmas.
    Estão estudando o deslocamento dos usuários do transporte coletivo, para melhor planejar, e definir políticas públicas pontuais.
    O prefeito é o regente, porém, se não souber ou entender de notas musicais, estará fadado a cometer erros imperdoáveis, o descompasso que estamos vivendo..
    O curitibano é chato, pagam, mas, querem ver resultado. Os futuros pretendentes são incógnitas.

  4. Cadê o BREDA?

    Não vai entrar com uma Ação contra o ato do Prefeito?

    A OAB, tão zelosa, não vai se posicionar?

Comente