Uncategorized

A luta pelo comando
do PMDB

pmdb-300x197
O vice Michel Temer terá adversário, em março, na disputa pela presidência do PMDB. Os senadores, liderados por Renan Calheiros, já estão montando uma chapa.

O provável candidato é o senador Romero Jucá. Para esvaziar esse movimento, aliados de Temer, como Moreira Franco, adversário do governo Dilma, correm atrás de uma mão do “velho da montanha”, o ex-presidente Sarney.

3 Comentários

  1. MANOEL BOCUDO Reply

    SE PRECISAM CORRER ATRÁS DO SARNEY IMAGINA A MORAL DO PARTIDO. VEJAM O QUE ESTA FAMÍLIA FEZ NO MARANHÃO E A
    MORAL QUE TEM LÁ, SÓ ROLOS E FALCATRUAS, E AGORA O PMDB
    VAI PEDIR BENÇÃO AO SARNEY QUE VERGONHA, SE FOSSE FILIADO A ESTA LEGENDA CAIA FORA JÁ, UM PARTIDO CHEIO DE
    ACERTOS E VARIAS ALAS, COMO PODE UM PARTIDO QUE
    TINHA ULISSES NA DIREÇÃO, VIRAR ESSA MÁFIA DE MALACOS.

  2. O PMDB deu sustentação ao PT ao longo de 13. Ou seja é conivente
    com tudo isso que está acontecendo em nosso país. Só pensam neles e o povo que se dane!

  3. Quem diria que o PMDB, que já foi o maior partido do cenário nacional, tente juntar os cacos que ainda sobram para recompô-lo. Existem os ADESISTAS ou melhor os SUBSERVIENTES ao GOVERNO DILMA, que só querem levar vantagens, sendo, também, responsáveis DIRETOS pela atual crise – A MAIOR E TODAS NA REPÚBLICA -. Não querem largar o osso, que a Dilma lhes dá. Se Renan e seus vassalos tomarem a Presidência do PMDB o partido em pouco tempo será aniquilado, caso idêntico que ocorrerá com o PT.

Comente