Uncategorized

Do desmando à catástrofe

aaakuk
É incerto, até agora, se a presidente Dilma Rousseff percebeu o tamanho do desastre e os enormes equívocos da tal matriz econômica implantada em seu primeiro mandato

Editorial O Estado de S. Paulo

Terminou em catástrofe a política econômica ensaiada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e executada até o limite por sua sucessora, Dilma Rousseff: retração econômica de mais de 3% em 2015, inflação acima de 10% e um déficit recorde nas contas públicas.

Sumiram no gigantesco ralo das finanças governamentais, entre janeiro e novembro, R$ 489,21 bilhões, soma equivalente a 9,04% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado para o período. O valor sobe para R$ 549,31 bilhões, 9,30% do PIB, quando se consideram os 12 meses terminados até novembro. Esses números correspondem ao déficit nominal – incluída, portanto, a despesa com juros – do conjunto do setor público.

O máximo admitido na União Europeia, uma das áreas mais afetadas pela crise iniciada em 2008, é 3% do PIB. A maioria dos países da região ficou abaixo disso em 2014 e em 2015.

Os números desastrosos deste ano são a consequência de uma longa fase de gastança irresponsável, de incentivo ao consumo sem estímulo à produção, de distribuição de benefícios mal concebidos e de péssima administração de um setor público aparelhado, loteado e saqueado numa orgia de corrupção.

A recessão chegou como grande final de uma fantástica sinfonia de erros e desmandos, depois de quatro anos com crescimento médio anual de meros 2,1%, inflação sempre muito longe da meta de 4,5% e destruição da indústria e do emprego industrial.

9 Comentários

  1. O Insuportável Responder

    O Estadão, talvez em menor grau do que outros veículos de comunicação, também tem culpa por esse estado de coisas, pois nunca combateu o Partido-Quadrilha da forma como era de se esperar!! É bem verdade que outras empresas de comunicação podem ser amplamente consideradas CÚMPLICES de todos os desmandos e falcatruas que o PT e asseclas cometeram contra o povo, na administração pública federal, nestes últimos 13 anos!!!

  2. É por acaso acharam que um cachaceiro é uma assaltante de bancos iriam conduzir o Brasil a algum lugar? Ele é um total ignorante em finanças públicas e ela uma grande enganadora. Não votaram neles? Fodam-se. Vocês foram os criadores dessa quadrilha.

  3. Tudo o que nós não gostaríamos de estar vendo no Ano Novoé
    exatamente o tamanho do furo nos nossos paraquedas. É triste
    ver que o PT comandado pelo Lula, Dilma e curriola costurou
    silenciosamente o caos brasileiro e enfiou a mão no bolso dos
    brasileiros. Montou um megaesquema de roubalheira e fez de
    conta que a culpa não era deles. A cara de pau é tanta que ainda
    continua desfilando como se não fossem protagonistas do filme…

  4. Se fosse sério, Lula, Dilma e a quadrilha de Zé Dirceus, Bumlais, Severós, e os malandros que fizeram a tal de delação premiada, já estariam encostados no muro em frente ao pelotão de fuzilamento. Vocês não viram nada plebe. Vem “pepino maior” por aí. O Real está virando água.

  5. E nós na nossa ingênua percepção, achávamos que a MÁFIA ITALIANA foi a maior ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA existente no Mundo, mas a quadrilha petista a colocou no bolso. Inventaram um novo tipo de CORRUPÇÃO e a lapidaram de tal maneira, que foi por um ACASO que foi DESCOBERTO. Caso contrário, hoje em dia, estaríamos com todo o ERÁRIO PÚBLICO DILAPIDADO. Faltou pouco para isso acontecer, mas o BEM sempre supera o MAL, embora os PETISTAS NÃO ACREDITEM. O desfecho final é que o povo brasileiro espera, todos os envolvidos na CADEIA, condenados por longos anos..

Comente