Uncategorized

Mãe faz abaixo-assinado contra fechamento de berçários nas creches

índice

Com a decisão do prefeito Gustavo Fruet (PDT) de fechar 41 turmas de berçário nas creches de Curitiba, uma mãe decidiu abrir um abaixo-assinado online para pedir a suspensão da medida. “Como mãe (e na espera de uma vaga no berçário também), me sinto na obrigação e dever (de) correr atrás do que é nosso por direito”, escreveu Magie Ventura Contieri. Com uma filha de 6 meses, Magie aguarda uma vaga na creche Parigot de Souza, no Sítio Cercado. Apesar de essa unidade não estar na lista das que não terão berçário no início de 2016, ela afirma ter recebido a informação de que o atendimento ali para novos alunos seria apenas a partir do maternal. Com informações da Gazeta do Povo.

O fechamento de 17% das turmas de berçário da cidade deixará 25 creches sem atendimento nessa faixa etária. O Sismuc disse que 14 das 24 novas creches têm de 1% a 58% da obra ainda por concluir e apontou também que não há previsão de contratação de novos profissionais no orçamento de 2016.

O sindicato já enviou uma denúncia sobre o fechamento dos berçários ao Ministério Público Estadual. O órgão move uma ação civil pública para exigir da prefeitura de Curitiba o atendimento integral das 10 mil crianças de 0 a 5 anos que aguardam vagas nas creches. Também cobra um planejamento adequado para o atendimento de outras 14 mil que precisarão do serviço até 2016.

3 Comentários

  1. Fruet incompetente Responder

    Esse Fruet é um zero a esquerda mesmo.

    Ainda bem que esse ano vamos botar o pé no rabo dele e mandá-lo plantar batata.

    Para ele que não tem filhos, nem sabe do que se trata.

  2. cadê o link para assinarmos? Além de não fazer nada pela cidade quer acabar com o que tem!

  3. A culpa da FALTA de Vagas, segundo nota da PREFEITURA, é do Governo FEDERAL.

    Não esttou brincando.
    Acuado sem resposta, Fruet transferiu a culpa.

Comente