Uncategorized

Vice Michel Temer reúne PMDB em Curitiba

Com o objetivo de fortalecer as candidaturas próprias do PMDB para prefeitos e vereadores em todo o Paraná, o Vice-Presidente da República Michel Temer estará em Curitiba, no próximo dia 28 de janeiro, às 9h da manhã, na sede do partido. A convite do Senador Roberto Requião e do Deputado Estadual Requião Filho, a ideia é dar início a Caravana da Unidade, que tem como meta lançar as candidaturas próprias pelo PMDB em todos os municípios do Estado.

Na sequência do encontro, às 11h, o vice-presidente, acompanhado pelo Senador Requião e Deputado Estadual Requião Filho, cumpre agenda na capital com representantes da sociedade civil, em salão de eventos de hotel a confirmar.

Para Requião Filho, que também é presidente da Fundação Ulysses Guimarães no Paraná e pré-candidato a prefeito de Curitiba pelo PMDB, esta será uma excelente oportunidade de reunir a sociedade civil organizada e discutir os rumos das eleições municipais em 2016/2018.

“O PMDB é o movimento democrático brasileiro e estará unido em prol de candidaturas próprias em 2016 e 2018 e, democraticamente, se mobiliza para construir em conjunto um plano de governo com a cara e o jeito do partido, que ergueu um país inteiro em torno das Diretas Já. Este é o nosso PMDB”, disse Requião Filho.

Haverá coletiva de imprensa com o Vice-Presidente Michel Temer, Senador Requião e Deputado Requião Filho na sede estadual do PMDB, no dia do evento (28 de janeiro), às 9h da manhã, para veículos de comunicação e jornalistas previamente credenciados.

É indispensável o credenciamento! Para confirmar presença, envie seus dados – Nome do veículo, Nome completo do repórter, e-mail e RG – para imprensarequiaofilho@gmail.com com o assunto: “CREDENCIAMENTO” até o dia 20 de janeiro.
Mais informações ou agendamento prévio de entrevistas com o Deputado ou o Senador, entre em contato com esta assessoria, pelo (41) 9917 0200 ou (41) 9977-6086.

2 Comentários

  1. O PMDB do Paraná além de dividido está em CACOS, os peemedebistas terão muito trabalho para juntá-los. A população não esquece que o PMDB fez parte dos governos petistas e também tem culpa por toda essa crise que estamos vivendo. A associação do PMDB com o PT é muito forte e ambos vão ser desprezados nas urnas. Inexiste uma liderança do PMDB que tenha esse perfil.

  2. João em teto Reply

    Pelo oportunismo de sempre, tudo indica que o Requião e demais já estão procurando se afastar da Dilma e PTezada e investir no Michel Temer para tentar juntar os cacos do PMDB do Pr. A maioria do pessoal sério do PMDB já se afastou do Requião e de todos seus cabrestados!

Comente