Uncategorized

Justiça recebe denúncia e ex-namorado vira réu por morte de Renata Muggiati

renata-e-raphael

Banda B

A Justiça recebeu nesta quarta-feira (20) denúncia contra o médico Raphael Suss Marques, ex-namorado da fisiculturista Renata Muggiati. Com a decisão, ele passa a ser réu no processo sobre a morte da modelo.

As informações foram divulgadas pelo G1. Marques deve responder pelos crimes de lesão corporal, homicídio qualificado e fraude processual, além de apresentar resposta à acusação.

O médico foi preso na última sexta-feira (15) pela Polícia Civil. Desde o início da investigação, ele nega as acusações. Renata morreu no dia 12 de setembro do ano passado ao cair do 31° andar do prédio onde vivia, no Centro de Curitiba. Inicialmente o caso foi tratado como suicídio, mas novos fatos apontaram para a possibilidade de um crime.

No dia 25 do mesmo mês, a Justiça do Paraná decretou a prisão temporária do namorado da fisiculturista. O Instituto Médico Legal (IML) indicou que a morte de Renata aconteceu por asfixia e não pela queda.

O laudo contrariou o resultado da necropsia então realizada pelo médico legista Daniel Colman, que afirmava não ter havido a asfixia e que motivou o pedido de liberdade do principal suspeito.

Comente