Uncategorized

Em Brasília, Beto Richa defende usina de xisto
de São Mateus do Sul

richa - brasilia

Nesta segunda-feira, 1º de fevereiro, em Brasília, o governador Beto Richa conversou com o ministro Eduardo Braga (Minas e Energia) e entregou a carta em defesa da usina de xisto da Petrobras em São Mateus do Sul. No documento, Richa argumenta que o fechamento da unidade vai gerar desemprego e impactar diretamente na economia da cidade paranaense.

“A manutenção desta unidade não é apenas uma questão de interesse social e econômico dos paranaenses, mas um assunto estratégico para o Brasil e para a Petrobras, empresa que continuará exercendo papel central no desenvolvimento nacional e em breve retomará mais vigorosamente os investimentos na ampliação de sua produção”, diz a carta assinada pelo governador.

Em outro trecho da carta, Richa atenta ao crescimento, de forma alarmante, de “rumores de que a Petrobras planeja desativar a unidade de São Mateus, devido às circunstâncias por quais passam a empresa” com redução de investimentos na unidade paranaense. “Uma decisão desta natureza tem reflexos negativos ao município e toda a sua região de influência, com a eliminação de milhares de empregos e efeitos em cadeia em toda a economia local, além de imensa queda da arrecadação municipal”.

Com a desativação da usina, a previsão é de que 10 mil trabalhadores, que representam a população de maior renda da cidade, possam perder o emprego.

4 Comentários

  1. Richa, ele não manda nada no ministério. tudo é direto com Coração Valente. Sou paranaense radicado no Amazonas. Aqui – Estado dele_ a luz acabou de receber 42% de aumento. A empresa é Federal. Ele não consegue segurar nem por aqui as coisas. A mobilização pelo Xisto vai precisar ser muito, muito maior.

  2. O piá de prédio até parece novo rico, não pode ter dinheiro no bolso que já sai torrando. Mas agora vem o pior, o Desgoverno da dra. Dilma pode oferecer-lhe a tal Usina, já que gosta tanto dela Betinho, porque não a compra? Aí o Betinho para dar uma de bacana e ficar bem na foto compra esta Nova Pasadena, mas quem será que vai levar o “por fora” desta vez?

  3. jorge Hardt Filho Responder

    Infelizmente para São Mateus do Sul e o Paraná, a operação da Usina é deficitária. A preservação da tecnologia, para uso futuro em outros locais, não se justifica pela sua obsolescência tecnológica.A queda dos preços do petróleo, que deve persistir por muitos anos, foi fatal para a economicidade da produção de óleo de xisto,

  4. Nei Antonio Kukla Responder

    Só foi o Beto?
    O Deputado Hussein Bakri de União da Vitória que iniciou o debate sobre o assunto deveria ser citado na matéria….em tempo de fazer esta observação.

Comente