Uncategorized

Paralisação nos aeroportos atrasa
voos em todo o país

Curitiba tem voos cancelados ou atrasados.

Banda B, com Agência Brasil

Os trabalhadores do setor aéreo fizeram um protesto na manhã desta quarta-feira (3) em 12 aeroportos brasileiros de sete capitais, causando atraso em voos. A paralisação começou às 6 horas e se encerrou às 8 horas, porém, os reflexos do movimento devem ser sentidos ao longo de toda esta quarta-feira. A greve incluiu os aeroviários, cujas atividades incluem check-in e despacho de bagagens, e os aeronautas, cuja categoria abrange pilotos e comissários de bordo.

A greve de duas horas afetou de forma direta os aeroportos de Santos Dumont e Galeão, no Rio, Guarulhos e Congonhas, em São Paulo, além de Brasília, Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Salvador, Recife, Fortaleza e Campinas.

As principais empresas aéreas anunciaram que irão liberar a remarcação de passagens e farão o reembolso integral de bilhetes, após o anúncio de paralisação dos aeroviários e aeronautas.

No Aeroporto Internacional de Curitiba, localizado em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana, vários serviços foram afetados. Há atraso nos check-in e despacho de bagagens. Até às 8h30, o painel da Infraero informava sete voos cancelados e seis atrasados.

A orientação é para que os passageiros que já tinham voos programados, entrem em contatos com as empresas para remanejá-los.

1 Comentário

Comente