Uncategorized

Mattar Assad avisa

A seguir, nota publicada, via facebook, pelo advogado Elias Mattar Assad sobre o caso da médica Virgínia Soares de Souza, do Evangélico.

“NOTA – Caso Médica UTI/Hospital Universitário Evangélico de Curitiba:

A respeito da perícia judicial criminal, nos prontuários dos pacientes que entraram em óbito na UTI do Hospital Evangélico, o Ministério Público do Paraná, há dois meses, afirmou para a imprensa que a perícia tinha “comprovado a denúncia de antecipações de óbitos”.

Hoje, contraditoriamente, a acusação declarou para a imprensa que “não concorda com a perícia”. O curioso, é que em nenhuma dessas duas impressões leigas, o Ministério Público da Saúde mostrou em que ponto a perícia oficial indicou QUANDO, ONDE, QUEM MATOU QUEM E DE QUE FORMA…

Em verdade, a perícia é científica e inocenta a médica injustamente acusada. No patrocínio da defesa da médica Virgínia Helena, desde o início, mantivemos a mesma tese de “inexistência de fato criminoso”.

As “incompreendidas” ações médicas, na realidade decorrem do mais genuíno e científico exercício de medicina intensiva, com observância de todos os protocolos nacionais e internacionais.

Impossível tentar provar o que não existiu! Lançar dúvidas sem bases lógicas no trabalho pericial do Instituto Médico Legal do Paraná, de tão honradas e caras tradições, não é de boa prática

Elias Mattar Assad”.

4 Comentários

  1. Não é para menos que a família de um dos assassinados pelo Carli está gastando uma fortuna com este advogado, o cara vale o que cobra. Os advogados do Carli também, senão ele já estaria pagando pelos homicídios cometidos.

  2. IM PACIENTE LEIGO Responder

    NESTE CASO O QUE OCORREU COM A VIDA DESTA MEDICA TODOS SABEMOS MAS E A RESPONSABILIZAÇÃO SOBRE OS ACUSADORES DESTAS ACUSAÇÕES INFUNDADAS(AGORA PROVADAS). COMO FICA? JORNAIS , TELEVISÃO , MINISTERIO PUBLICO, PERITOS . GOSTARIA DE SER ESCLARECIDO REALMENTE NÃO SEI O QUE OCORRE? OU SERÁ QUE VAI OCORRER COMO O CASO DOS JAPONESES PROFESSORES DO JARDIM DE INFANCIA DE SÃO PAULO?

  3. Gordão do Prédio Responder

    Que malabarismo os advogados têm que fazer.

    Num dos casos, aponta os dedos, respalda e elogia a perícia e o MP.

    No outro, faz o contrário.

  4. ….os diálogos gravadas ao telefone assustam pela realidade crua,
    fria, desumana,não acredito que a familia de guarapuva fossem
    perder tempo com esta dra….não resolveria nada os problemas…
    do ex-deputado….quanto ao advogado de defesa do “voador”….
    quem paga é o governador beto richa…ele estava no pega……..

    quero viver muito para ver o fim desta gente…

    prof. pneto.

Comente