Uncategorized

‘Disk Ingressos’ rebate organização do Festival
de Teatro de Curitiba

Em nota enviada ao Blog, a empresa Disk Ingressos deu a sua versão sobre o imbróglio que deixou o Guairão e o Guairinha de fora do Festival de Teatro de Curitiba de 2016. O texto, na íntegra, é o que segue.

“A Disk Ingressos, empresa vencedora do certame licitatório nº 01/2013, o qual possibilita a administração e venda dos ingressos do Centro Cultural Teatro Guaíra, tendo em vista as declarações públicas realizadas pela empresa Parnaxx, organizadora do Festival de Teatro de Curitiba, com conteúdo pejorativo e unilateral, vem a público esclarecer a verdade dos fatos.

Nos últimos dois anos a Disk Ingressos, em observância ao contrato administrativo supra referido, realiza a venda dos ingressos do Festival de Teatro de Curitiba, sendo que nesse ano todas as condições anteriormente ajustadas foram mantidas. A organização do evento é de responsabilidade única e exclusiva da empresa Parnaxx, a qual pretende cumular as funções de organização de eventos e comercialização de ingressos para o Festival de Teatro de Curitiba, ferindo aos consumidores e descumprindo decisão judicial proferida pelo Juízo da 9ª vara Cível de Curitiba-PR que reconhece a abusividade da cobrança de taxa de ingresso pela mesma empresa que promove o evento. Vale dizer, diferentemente da Disk Ingressos que atua exclusivamente com a venda de ingressos, a Parnaxx pretende organizar o Festival de Teatro de Curitiba e realizar a comercialização dos ingressos cobrando valor de até R$ 5,00 adicionais por ingresso vendido. Ocorre que o preço do ingresso já deve estar computado nos custos do evento, quando a mesma empresa que produz o espetáculo administra a sua bilheteria.

Já no caso da Disk Ingressos, a empresa não produz eventos, tendo por atividade exclusiva a administração das bilheterias dos teatros que terceirizaram a venda de ingressos, com todos os custos inerentes (pessoal, administrativo, sistemas informatizados, etc.).

De acordo com o diretor administrativo da Disk Ingressos, Eder Longas Garcia, a empresa preza pela valorização cultural e não mediu esforços, assim como a direção do próprio Teatro Guaíra, para viabilizar as peças do Festival de Teatro de Curitiba nas dependências do referido teatro. “Nós estamos agindo de acordo com o que está previsto no contrato administrativo, nada diferente do que nos anos anteriores. Procuramos assegurar aos consumidores facilidade na compra de ingressos, por preços justos, seja por meio da internet, em pontos de vendas nos shoppings, com atendentes na bilheteria do teatro e via Call Center para entrega por motoboy até a residência. Além disso, somos responsáveis por arrecadar os valores oriundos da venda dos ingressos e a dedução dos valores e importâncias devidas de ISS e o ECAD, da taxa de locação do auditório, para somente após repassar o valor ao produtor do espetáculo. Temos o compromisso de respeitar o consumidor e garantir a ele a segurança da compra, que em caso de cancelamento do espetáculo, este seja logo restituído”, observa.

Além disso, o contrato público com o Teatro impede a transferência destas obrigações para qualquer outra empresa, não sendo possível terceirizar este serviço para que outra empresa explore a bilheteria durante a realização do Festival de Teatro de Curitiba como pretendia a Parnaxx”.

2 Comentários

  1. Sociedade Resposde Reply

    Muito bem esclarecido. Parabéns! Matou a cobra e mostrou a cobra!

Comente