Uncategorized

‘Dengue é culpa do homem’, argumenta promotora em Paranaguá

priscila

A promotora da Defesa do Meio Ambiente, Priscila da Mata Cavalcante, disse nesta semana, em Paranaguá, que a culpa da dengue na cidade, que vive uma epidemia da doença, e no litoral paranaense é do “homem que invadiu as áreas do mosquito” Aedes aegypti. A promotora, Coordenadora Regional da Bacia do Litoral, sustentou que, se as pessoas não ocupassem de forma massiva as áreas do litoral paranaense, os problemas e doenças provocadas pelo mosquito seriam praticamente inexistentes.

10 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Responder

    Talvez ela tenha razão. Deveríamos todos voltar para as cavernas e extinguir todas as instituições criadas pelo homem e mantidas à peso de ouro com impostos. O homem das cavernas era feliz e não sabia.

  2. Tá certo doutor, tá certo. Parafraseando o Romário, alguns de boca fechada são uns gênios.

  3. Minha filha, você vai se chamar Priscila da Mata. E quando crescer vai ser promotora da Defesa do Meio Ambiente. Nasceu pra isso. Falar o quê?

  4. Aparentemente, a doutora sugere que matemos o homem (e a mulher também) e deixemos o mosquito em paz!! Certo, mas começamos por quem? Será que ele se prontifica? Acho que não!!! Tudo isso é conversa de bêbado!!!

  5. Fantástico em relação a essa grande descoberta pela nossa Dra.do meio-ambiente correto ? O País pegando fogo a dengue pegando fogo e nós se f…

  6. Bom pelo que entendi a moçoila se referiu genericamente tanto aos homens quanto mulheres, quanto ao mosquito Aedes aegypti, ele não é originário das américas e sim da áfrica portanto a ocupação das matas ainda que de maneira não muito ordenada não tem relação alguma com esse mosquito.

  7. Essa moça realmente é um atraso público e mental. Pelo que temos sofrido com essa irresponsável, vejo que o que ela realmente quer é viver sozinha com os seus eco oportunistas, no litoral do Paraná. Conseguiu atrasar todo o desenvolvimento da indústria e do comércio do estado, agora me vem com essa. Valei-me Deus.

Comente