Uncategorized

Lava Jato: Força tarefa de Curitiba contra-ataca

forçatarefa-300x180

Vera Magalhães, Radar on-line

A força-tarefa em Curitiba deve antecipar uma série de ações ligadas à Operação Lava-Jato como forma de responder às tentativas de intimidação dos investigadores, que se intensificaram nas últimas semanas.

Fatos como a nomeação do ex-presidente Lula para a Casa Civil, as tentativas de desqualificar o juiz Sergio Moro e a entrevista do ministro Eugenio Aragão sedimentaram nos procuradores, delegados e agentes da Polícia Federal a convicção de que haverá uma tentativa de conter as apurações.

Em virtude disso, devem ser aceleradas a revelação de documentos apreendidos em fases anteriores da operação, a denúncia de investigados e até novos pedidos de busca e apreensão, condução coercitiva e prisões.

8 Comentários

  1. Sergio Silvestre Responder

    Eles poderiam antecipar mesmo né ,como a prisão da familia inteira do Cunha,levar o Aécio para depor e pular o muro e investigar o Beto Rcha e caterva aqui no PARANÃ.

  2. – Só o fato desse vagabundo ter roubado o crucifixo, e os talheres de ouro que fazem partes do acervo do Palácio já e motivo para colocar na cadeia como ladrão.

  3. Caipira "pé vermeio" Responder

    NÃO SÉRGIO SILVESTRE,

    AGORA PRIMEIRO A FAMÍLIA DA VEZ É A DO LULA. …

  4. Dr Moura, só tem um jeito pra moralizar nosso Brazilzão, o melhor País do mundo pra se viver, é prendendo o chefe O Sr Lula ,ex. presidente do Brasil, a maioria dos Brasileiros estão pedindo e o Sr deve ainda ter muito
    nas mangas, é só mandar buscar o homem.

  5. Os “governantes” Lula e Dilma foram legitimamente eleitos para exercitar o poder de governar, em nome da democracia. No entanto, conforme as provas e testemunhos afirmam, usaram o poder para roubar o povo. No mais frágil dos dicionários da lingua portuguesa nunca governar é sinônimo de roubar. Somente na cartilha do PT. Se estes canalhas tivessem alguma honra, ombridade e dignidade já teriam renunciado. O povo quer um país moralizado. O brasileiro que viajar ao exterior não quer passar vergonha. Qualquer um, seja do povo ou autoridade que desvirtuar ou atrapalhar a Lava Jato, sem observar os dispositivos legais que regem a questão serão considerados traidores. Nada de postergar ações. Ladrão deve ser tratado como ladrão. O tal de foro privilegiado é um desaforo ao povo. Aos porcos o chiqueiro.

  6. Joe Kostelo Castelvan Responder

    O memória de ameba.

    Leia um pouco, ou melhor, tente ler.

    Esta desgraça toda só acontece porque tivemos um presidente que incentivou a pratica do ” estudar praque? eu não estudei e sou presidente.

    Só isso já era suficiente para cassar este psicopata artista do mal.

    O do campo va comer amorinhas vermelhas.

Comente