Uncategorized

Estudantes protestam contra professores em Curitiba

estudantes - foto bandab

Estudantes do Colégio Estadual Professor Júlio Mesquita, no bairro Jardim das Américas, em Curitiba, realizam uma manifestação na manhã desta sexta-feira (1°). Eles reclamam da qualidade do ensino e de um possível descaso por parte de professores e direção da instituição. As informações são de Luiz Henrique de Oliveira na rádio Banda B.

Os adolescentes, do 9°, 1°, 2° e 3° anos, com idade entre 13 e 17 anos, não entraram na primeira aula e ficaram em frente a escola, querendo uma solução por parte da direção do colégio.

“É uma manifestação contra os professores e a qualidade do ensino. Alguns professores nos tratam como lixo e não temos livros didáticos. É ano de vestibular e ficamos nessa situação”, lamentou a estudante de nome Raíssa.

Raissa afirmou que a nova direção, que assumiu o colégio há dois meses, prometeu uma solução para os problemas no colégio. “A direção nova disse que ia resolver, mas nada foi feito. Aqui a pedagoga briga com aluno e ninguém se importa com o que falamos. Não tem condição mais, quem sabe assim somos ouvidos”, afirmou.

Os alunos devem entrar à sala de aula a partir do segundo horário, por volta das 8h30. A Banda B entrou em contato com a direção do colégio, que afirmou não querer falar no momento referente à manifestação. A Secretaria de Educação enviou nota sobre a manifestação:

O Colégio Estadual Júlio Mesquita conta com direção nova, eleita em 2015 com apoio da grande maioria da comunidade escolar através de votação direta de alunos, professores e pais.

O estabelecimento de ensino abriu novas turmas e por este motivo a quantidade de livros didáticos, fornecidos pelo Ministério da Educação, encontra-se temporariamente abaixo do ideal. Cópias excedentes em outras escolas podem ser cedidas ao colégio, e a partir da semana que vem estará aberto o terceiro e último prazo para as escolas estaduais requisitarem mais livros didáticos diretamente ao MEC.

O Núcleo Regional de Educação de Curitiba acompanha a manifestação e mantém diálogo aberto com os alunos, registrando seus questionamentos e esclarecendo suas dúvidas.

15 Comentários

  1. Muito bom este protesto!
    Chegou a hora de cobrar dos professores filiados à APP Sindicato qualidade no ensino e compromisso sério,despido de ideologia esquerdista,com ensino de qualidade de nossas crianças.
    Os alunos e seus respectivos pais não podem mais funcionar como massa de manobra,acéfala,bovina,para dar cobertura à turma de carrapatos da APP-Sindicato.
    Os Sindicatos não estão nem um pouco preocupados com a qualidade de ensino,querem saber só da verba entrando e locupletanto os seus bolsos.
    Fim do Imposto Sindical Obrigatório já!
    PEC 36/2013 neles!

  2. MALDIÇAO DO PETISMO Responder

    APP tem alguma coisa a dizer sobre a manifestação ou vai pixar a moçada de “coxinhas”? Qual mesmo o trabalho da APP pela melhora do ensino?

  3. COM A MAIOR CERTEZA, DEVEM SER professores FILIADOS A TAL APpt sindicato. ESTES NÃO QUEREM E NÃO GOSTAM DE TRABALHAR. O NEGÓCIO DELES É AGITAR UMA “grevezinha” PARA IREM PARA A PRAIA.

  4. Os atuais professores da rede estadual com raríssimas e honrosas exceções estão mais preocupados com as ferias do que em dar aula. E uma vergonha!!!

  5. Antonio Bertolino Castro Responder

    Não entendo.
    Vocês pagam alguma coisa para estudar? (não).
    Faltam livros, pode ser, não da para tirar cópias, se virar? (acho que da.)
    Professores tratam como lixo?( Vão a direção, reclamem, questionem. acomodados)
    Agora fazer greve!!!!, vão estudar, pesquisar, ajudar os pais em casa.

  6. Fique tranquilos meus queridos professores os alunos não vão fazer igual a vcs que ficaram três meses de férias, desculpe de greve.

  7. Parabéns aos alunos pela decisão tomada, reivindicar melhoria na qualidade das aulas é algo muito especial, estes diretores que se elegem só pra sobrar aula para os colegas da disciplinas deles devem tomar cuidado ,pois os jovens também tem senso critico e vão buscar solução para estes problema que estão acontecendo e a própria SEED fecha os olhos não toma providencia e como de costume nada se vê fazer. Tudo acaba terminando em discurso, e nada muda. Alunos mais uma vez parabéns pela iniciativa.

  8. Professor Legal Responder

    Se eu fosse professor dessa escola, eu pediria que cada aluno produzisse um texto argumentativo sobre o assunto. Depois chamaria para conversar os alunos que tivessem menos de 30 erros graves de gramática/linguística. Ou seja, provavelmente , não conversaria com ninguém.
    Só lembrando que educação é processo, que envolve múltiplas leituras, sobretudo o que Paulo Freire chama de “leitura de mundo”.
    Concluindo: eles deveriam fazer greve em casa, para melhorar a qualidade dos pais. E em seus respectivos círculfatoos sociais, para melhorar a qualidade intelectual dos amigos. E, claro, na escola, como de fato

  9. Professor Legal Responder

    Se eu fosse professor dessa escola, eu pediria que cada aluno produzisse um texto argumentativo sobre o assunto. Depois chamaria para conversar os alunos que tivessem menos de 30 erros graves de gramática/linguística. Ou seja, provavelmente , não conversaria com ninguém.
    Só lembrando que educação é processo, que envolve múltiplas leituras, sobretudo o que Paulo Freire chama de “leitura de mundo”.
    Concluindo: eles deveriam fazer greve em casa, para melhorar a qualidade dos pais. E em seus respectivos círculos sociais, para melhorar a qualidade intelectual dos amigos. E, claro, na escola, como de fato estão fazendo. E cada um faria , para finalzar, uma greve contra si mesmo. Por não ler. Por não se informar. Por se omitir de assuntos ” sérios” . Por se gado fácil dos modismos.
    Para o pessoal que opinou lá em cima, passe lá no patrão de ber
    vocês para receber pelas postagens.
    Amigos… foi um prazer orgástico perder meu tempo nesse blog.

  10. Sou professora, e estou com os alunos!! Isso mesmo alunos!! Cobrem qualidade no ensino! O governo não quer que vocês aprendam e por isso falta de livros, falta de carteiras, falta de fiscalização no trabalho dos professores.. Temos muitos professores seguindo o plano do governo. Conheço bem essa má vontade das redes estaduais de Ensino em todo Brasil. Somente vocês mesmos alunos, para fazerem valer seus direitos!!.Não desistam!! Continuem cobrando!!

  11. MEUS BONS ALUNOS E INERTES PROFESSORES A APP ESTÁ
    OCUPADA COM A MANIFESTAÇÃO A FAVOR DA MULHER QUE
    TIROU R$ 4,5 BILHÕES DA PÁTRIA EDUCADORA, ENTÃO NÃO VAI
    TER GOLPE NO GOVERNO, MAS SIM NO NÍVEL DA EDUCAÇÃO.
    A APP COM DINHEIRO EM CAIXA SÓ PENSA NO QUE O LEÃO
    MANDAR, VCS ALUNOS SÃO APENAS UM DETALHE.

  12. Valmor Lemainski - Cascavel Responder

    Parece que os alunos estão se acordando… Ao invés de escolherem presidentes de grêmios estudantis que lhes representassem e defendessem, escolhiam pessoas aliciadas e alienadas por professores petistas. Sábio é quem aprende com os erros.

  13. Valmor Lemainski - Cascavel Responder

    Parece que os alunos estão se acordando… Ao invés de escolherem presidentes de grêmios estudantis que lhes representassem e defendessem, escolhiam pessoas aliciadas e doutrinadas por professores petistas. Sábio é quem aprende com os erros.

  14. Valmor Lemainski - Cascavel Responder

    Parece que os alunos estão se acordando… Ao invés de escolherem presidentes de grêmios estudantis que lhes representassem e defendessem, escolhiam pessoas aliciadas e doutrinadas por professores petistas e que servissem de massa de manobras para o que lhes interessava politicamente. Sábio é quem aprende com os erros.

Comente