Uncategorized

Projeto da oposição é demagógico, além de inconstitucional, diz Romanelli

índice
O líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli ( PSB), desclassificou o discurso oposicionista de Professor Lemos (PT), Requião Filho (PMDB) e Péricles de Mello (PT) que não se conformam com a derrota na CCJ do projeto que pretendia reduzir o número de alunos em sala de aula. O projeto é de autoria de Requião e Lemos.

Para Romanelli, mais uma vez a oposição tenta criar um factoide. Ele lembrou que um projeto idêntico foi apresentado pela Assembleia e vetado pelo ex-governador Roberto Requião (PMDB) porque ofende o artigo 66 da Constituição Estadual já que a competência de estruturação de políticas públicas do Estado é privativa do poder executivo.

“Eles na verdade estão fazendo pura demagogia. Estão sem bandeiras para lutar e para se defender e assim criam factóides. Não há sentido no que está sendo proposto. No ensino médio, temos um mínimo de 35 e máximo de 40. O projeto propõe 35 alunos podendo ter até mais 3 alunos por turma, ou seja 38 alunos.Qual a diferença que tem objetivamente no ensino médio você ter 35 ou 40 alunos numa sala de aula. Há alguma diferença? Nenhuma”, disse

Segundo Romanelli, na realidade, o Paraná tem centenas de turmas com número muito inferior a 35 alunos. “Eles falam como se as salas de aula estivessem superlotadas quando na realidade é o inverso. Ir para a tribuna, gritar e falar sobre isso é só para chamar atenção. Parece que estamos cometendo as maiores atrocidades com os alunos”, analisou.

Romanelli esclarece que a proposta também é inconstitucional porque pretende interferir na competência dos municípios e do próprio ensino privado, que é regulamentado pela resolução da Secretaria Estadual de Educação. Além disso, explica Romanelli, a proposta é ilegal porque ofende a lei de responsabilidade fiscal na medida em que gera um impacto financeiro para o Estado.

1 Comentário

  1. Esta difícil ser professor não só no estado do Paraná, na verdade o troco deve ser dado conforme o valor da mercadoria comprada e da nota que você pagou, esta discutição ainda vai longe, muitos alunos na sala é mais difícil de controlar a turma, geralmente quem quer aprender vai sofrer mais. Mas o que esta em discutição é a quantidade de alunos em sala de aula ,todos gritam e querem ser ouvidos, mas deveriam de propor outro argumento para tentar convencer os deputados a pensar sobre a proposta, EX. diminuir os alunos, mas em contra partida melhoraria a qualidade das aulas e os educadores ficariam comprometido em aumentarem o conceito de sua escola ,melhorariam as qualidade de suas aulas, participariam com mais eficiência em seu trabalho e com menos desanimo falar com professor é um caus. Eles só dominam um dialeto ‘reclamar dos alunos e falar mal dos governantes’.

Comente