Uncategorized

Michel Temer ‘descarta’ amigo para ministério após declarações

mariz
O advogado Antonio Cláudio Mariz de Oliveira, amigo de Michel Temer (PMDB), já está fora do possível governo do Vice. As informações são da Folha de S. Paulo. Mariz era cotado para ser o novo ministro da Justiça, mas após declaração “ruim” e “errática”, de acordo com Temer, assessores confirmaram que o nome do criminalista está “descartado” para sua futura equipe caso o Senado aprove a admissibilidade do pedido de impeachment da presidente Dilma.

Mariz afirmou em entrevista ser “contra a delação nesses termos e, especialmente, a delação do preso. Quem está detido não tem vontade, a vontade é sair da cadeia. A lei fala efetividade e voluntariedade [do acusado]”. Ao tomar conhecimento da posição contrária de Mariz sobre os métodos da Operação Lava Jato, Temer concluiu ser impossível tê-lo em seu governo, uma vez que foi a própria operação que levou milhões de brasileiros às ruas. O que também soou mal foi a fala do advogado como ministro: “O que eu, ministro, posso fazer com a Lava Jato? Ligar para [o juiz] Sérgio Moro e dizer: ‘Olha, não faça isso, não faça aquilo’? Ele me dá voz de prisão em flagrante”.

4 Comentários

  1. ESSE CARA DE “coruja petista”, É CONTRA AS AÇÕES DA LAVA JATO E DO EXMO. JUIZ Dr. SÉRGIO MORO.

  2. DEU UM TIRO NO PÉ..EM BOCA FECHADA NAO ENTRA MOSQUITO….A PALAVRA VALE PRATA O SILENCIO;;OURO;;;JÁ FOI DESPEDIDO ANTES DE ASSUMIR..KKKKKKKKKKKKK

Comente