Uncategorized

Janot exclui Francischini do pedido de abertura de inquérito contra políticos no STF

Reconhecido em Brasília como um dos mais ativos e combatentes Parlamentares do Congresso Nacional, Fernando Francischini foi um dos Deputados que promoveu os mais duros atos de investigação contra políticos e atos de corrupção. Como retaliação, um dos investigados, Delcídio do Amaral, preso há alguns meses por decisão do STF, “citou-me em seu termo de delação premiada, para manchar minha reputação. Diversos veículos de comunicação o noticiaram. Nestes meses, após ter sido promovida a averiguação sobre o caso, inclusive por meio de interrogatório à investigados, estes negaram qualquer participação minha, o que motivou o Procurador Geral da Justiça determinar, nesta data, o arquivamento do procedimento em relação à mim. A Justiça foi feita”, afirmou o deputado do Solidariedade.

2 Comentários

  1. – Delcidio DISSE que Lula TERIA DITO que TERIA OUVIDO de alguns petistas que Aécio TERIA recebido propina de Furnas!!! Ou seja, agora tem PROVAS CABAIS: a palavra dos petistas!!!
    – Essa é a quarta vez que essa TERRÍVEL denúncia é feita (as outras três foram arquivadas pelo MPF por falta de provas)!!! Agora, com a palavra de petistas como provas, Aécio tá ferrado!!!

  2. “Fernando Francischini FUI um dos deputados” “citou-me”

    Que preguiça de mudar a concordância no texto que o delegado enviou pronto, hein? Haha. Acontece.

Comente