Uncategorized

Cartões de Dilma torraram R$ 32,5 mil/dia, este ano

Somente em 2016, até ser afastada pelo Congresso, Dilma conseguiu estabelecer a impressionante marca de R$ 4 milhões gastos usando cartões corporativos, pagos pelo contribuinte brasileiro. Isso significa que cartões corporativos do Planalto gastaram, em média, mais de R$ 32,5 mil por dia, incluindo os feriados e fins de semana. Em 123 dias, este ano, seu governo torrou R$ 13,7 milhões utilizando cartões.
O descontrole de Dilma beneficiou servidores e até pessoas estranhas ao governo, que receberam R$104,7 milhões em “diárias”, só este ano. O contribuinte não pode saber detalhes sobre 90% dos gastos usando cartões corporativos. Lula impôs “segredo” desde o primeiro escândalo.
O uso abusivo de cartões corporativos inclui cabeleireiro, hotéis de luxo, restaurantes, aluguel de carrões, passagens etc. A Presidência detalha apenas gastos de quatro portadores de cartões, também pagos por nós: seguranças dos ex-presidentes FHC e Lula.

6 Comentários

  1. A matéria poderia ser um pouco mais precisa, não?
    4 milhões, 13,7, 104,7…
    Seja mais claro!!!
    A impressão que o artigo passa é de uma parcialidade tremenda…

  2. O ex-ministro Orlando Silva gastou até com tapioca no cartão corporativo! Além disso hospedou-se no Rio de Janeiro em hotel de luxo com a mulher, a filha e a babá, tudo por conta da Barrosa!

  3. Kkk, tem petista se doendo – bando de ladrões, a matéria já está bem precisa, o que falta é cadeia para este bando de ladrões.

  4. Deve ser uma verdadeira maravilha para os caras que gastaram
    tudo na obscuridade. Desonestidade sim, porem com o nosso di-
    nheiro…

  5. Diante de tanta roubalheira montada pelo PT e associados, ladrões
    e traficantes viraram pó de traque. A maior cara de pau é roubar,
    mentir e ainda subir no palanque e enganar o povão dizendo o con-
    trário.

  6. Em sendo verdade, Dilma pode subir em um pedestal ou no telhado do Palácio da Alvorada e soltar a voz e, alardear sua honestidade:
    Eu tirei 32,5 mil da pobreza todos os dias nesse ano de 2016.
    Só que para ser honesta terá que acrescentar: reais e não pobres, afinal pessoas pobres, para esse tipo de político, só servem de massa de manobra. E Dilma não estará mentindo.

Comente