Uncategorized

Fruet quer parcelar dívida milionária com previdência dos servidores municipais

fuet

Como já adiantado por este blog, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) pretende parcelar em até 60 vezes a dívida que pode passar dos R$ 42 milhões com previdência dos servidores de Curitiba. No projeto, em regime de urgência na Câmara de Vereadores, Fruet alega que os aportes extras ao IPMC, previsto em lei, criaram “um desequilíbrio entre a real necessidade de aportes e a proporcionalidade do valor aportado em relação à receita corrente líquida”.

“Diante disso, aliado à conjuntura econômica no Brasil, o município encontrou dificuldades em realizar os aportes extras referentes aos meses de agosto de 2015 a abril de 2016”, justifica o pedetista na proposta enviada aos vereadores.

Ao repórter Euclides Lucas Garcia, ma Gazeta do Povo desta segunda-feira, 30, a coordenadora-geral do Sismuc, Irene Rodrigues dos Santos afirma que o funcionalismo vem alertando desde o ano passado para o débito previdenciário da prefeitura em relação aos aportes extras. Segundo ela, é inadmissível que um gestor público deixe dívidas para o sucessor e que o dinheiro do contribuinte arque com isso, na medida em que haverá juros e correção. “Não é justo que os servidores paguem essa conta, afinal a contribuição previdenciária é descontada mensalmente dos nossos salários”, defende.

(foto: divulgação)

5 Comentários

  1. Antonio Carlos Responder

    O Gugiunha queria sair bem na foto com os seus empregados, com certeza já sonhava em por a mão nos tais R%54 mil que a Câmara aventou em devolver-lhe. Aí com esta montanha de dinheiro faria a demagogia que quisesse, mas a coisa não rolou ao gosto dele. Agora vem com esta “proposta” de quitação da dívida em parcelas. Quando o Betinho foi acusado de não pagar a Paraná Previdência o Guguinha deve ter dado ótimas risadas, mas ele também já estava dando calote no fundo dos empregados dele.

  2. voces pt falam mal do GUSTAVO, E TURMA RAFAEL, PERGUNTO , TEM ALGUEM MELHOR QUE GUSTAVO, VOCES SABEM QUE NÃO, ENTÃO FICAM FALANDO SÓ BESTEIRA.

  3. Eleitor Curitibano Responder

    Melhor que o Gustavo, como? Votei nele,mas a decepção é total,ruas buracos completando aniversário,postes de iluminação com lampadas queimadas,e não tem pra repor no estoque,e outros……..e ai?Quer mais……..?Que venha a eleição e veremos.

  4. “Toda critica tem que ser propositiva caso contrário não serve para nada. Fazer critica sem conteúdo não é inteligente. Seria o mesmo que jogar palavras ao vento, e pregar no deserto. Essa crise não nasceu NESSE governo. Ele não é responsável por essa situação. Mas tem que resolver o problema. A administração da cidade está sob sua responsabilidade agora. O Prefeito tem agido com responsabilidade fiscal. Apesar de todas as perdas e diminuições da arrecadação face o grave momento econômico que o País atravessa. Causado em grande parte pela crise politica. Mas também, em razão das empresas que saíram de Curitiba diminuindo a arrecadação de ISS. Cito apenas dois exemplos, AMBEV que foi para Ponta Grossa. E o HSBC que foi vendido para o Bradesco que tem sua sede em SP. Agora essas duas empresas recolhem tributo lá. Esperemos pelos próximos capítulos…” – Profº Celso Bonfim

  5. FRUET CALOTEIRO Responder

    Usa os 54 milhões que pegou da Câmara Municipal de Curitiba para pagar esta dívida e garantir a aposentadoria dos funcionários da prefeitura. Se realmente quer provar que tem zelo pela coisa pública faça a coisa certa, mas certamente isso não foi demonstrado em 3 anos e 5 meses e não será agora que será feito. Gustavo Fruet é o pior prefeito da história de nossa cidade.

Comente