Uncategorized

PF pede indiciamento de presidente do Bradesco

Andreza Matais e Luiza Pollo, Estadão

A PF indiciou o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e dois executivos do banco no inquérito da Operação Zelotes que investiga compra de decisões no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). As investigações mostraram que o grupo investigado por corromper integrantes do Carf conversou com executivos do banco a respeito de um “contrato” para anular um débito de R$ 3 bi com a Receita Federal.

A PF já havia apontado em relatório que Trabuco e os outros dois executivos da instituição financeira se encontraram com emissários da organização criminosa para discutir como seria a atuação no órgão. A PF também indiciou o auditor da Receita Federal Eduardo Cerqueira Leite, que teria articulado a reunião entre os integrantes do esquema e o comando do banco. No total, foram pedidos dez indiciamentos.

A conclusão do inquérito relativo ao Bradesco já foi encaminhado pela PF ao Ministério Público Federal, que pode ou não apresentar denúncia à Justiça Federal.

Os indiciamentos são pelos crimes de tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A Coluna do Estadão não conseguiu confirmar quais desses crimes são imputados a Trabuco. O Ministério Público confirmou que recebeu da PF os indiciamentos.

O Bradesco nega ter contratado serviço de lobistas no Carf e afirma que Trabuco não participou de qualquer reunião com o grupo citado.

Segue a nota:

“O Bradesco informa que não houve contratação dos serviços oferecido pelo grupo investigado. Acrescenta que foi derrotado por seis votos a zero no julgamento do Carf. O Bradesco esclarece ainda que o presidente da instituição, Luiz Carlos Trabuco Cappi, não participou de qualquer reunião com o grupo citado.

O mérito do julgamento se refere a ação vencida pelo Bradesco em todas as instâncias da Justiça, em questionamento à cobrança de adicional de PIS/Cofins. Esta ação foi objeto de recurso pela Procuradoria da Fazenda no âmbito do Carf.

O Bradesco irá apresentar seus argumentos juridicamente por meio do seu corpo de advogados.”

2 Comentários

  1. -Vamos aguardar o andamento das investigações!!!
    -Já pensaram na hipótese de um presidente de um dos maiores bancos brasileiros ser indiciado como réu??? Já pensaram como o mercado agiria sobre esta questão??? Se for comprovada as irregularidades, elas poderiam ocorrer em outras instituições financeiras????
    -Já pensaram na “bomba nuclear” que pode estar prestes à explodir no mercado financeiro brasileiro????

  2. A causa principal da falencia do povo brasileiro é os bancos bradesco e itau enquanto os juros na europa chega a ser ZERO e estados unidos a 0002 ao ano estes dois bancos praticam juros de 600 por cento ao ano ois que manda em qualquer governo no brasil é estes dois bancos e tambem politicos e empresários chega a dar nojo destes tres grupos seletos da safadeza nacional

Comente