Uncategorized

Cidades terão apoio extra para prevenção de desastres naturais

ratinho-jr-casitas

O secretário Ratinho Junior (Desenvolvimento Urbano) recebeu nesta terça-feira, 31, o chefe da Casa Militar, coronel Adilson Castilho Casitas, coordenador estadual de Proteção e Defesa Civil, que propôs uma parceria para motivar prefeitos a buscarem alternativas para a redução de catástrofes naturais.

Ratinho Junior sugeriu que os dados da Defesa Civil sejam acoplados à ferramenta Sedu/Paranacidade Interativo, plataforma web para gestão e planejamento urbano municipal. A ferramenta ganhou, há poucos dias, o primeiro lugar de gestão pública na América Latina do Prêmio MundoGEO#Connect. “Podemos torná-la ainda mais valiosa ao agregar um módulo de risco de desastres para alertar os prefeitos”, disse o secretário.

Ratinho Junior disse que é necessário criar políticas públicas em contrapartida aos municípios. “Somos parceiros dos municípios, as linhas de financiamentos à disposição dos prefeitos lhes dão a garantia de término das obras”, disse Ratinho Junior.

O coronel Castilho destacou que a Defesa Civil tem um sistema de gestão de situações de desastres naturais, que permitiu a todos os municípios elaborarem planos de contingência. “Estão mapeadas as áreas de atenção, que registram ocorrências. Assim podemos intervir antes que aconteçam erros de planejamento urbano, como construir um hospital em área de risco”, explicou.

A reunião teve participação do sub-chefe da Divisão de Defesa Civil, major Antônio Hiller Lino, e do diretor do Centro Universitário de Estudos e Pesquisas Sobre Desatres (Ceped-PR), capitão Eduardo Gomes Pinheiro. “Resolver problemas históricos nos municípios reverte em um bem permanente”, disse o capitão Pinheiro.

(foto: Valdelino Pontes/Sedu)

Comente