Uncategorized

Iris Rezende e Waldir Soares polarizam
disputa em Goiânia,
diz Paraná Pesquisas

Sara Queiroz, O Hoje

A pesquisa eleitoral realizada pelo Instituto Paraná Pesquisas e divulgada na TV Record, sobre a intenção de voto do goianiense, mostra que os pré-candidatos da base aliada do governo aparecem nas últimas colocações, fato que pode mudar a configuração dos nomes já colocados na disputa.

Na liderança, estão empatados Iris Rezende (PMDB) e Waldir Soares (PR), ambos com 27,4% das intenções de votos. Os candidatos da base, Giuseppe Vecci (PSDB), Luis Bittencourt (PTB) e Francisco Júnior (PSD), não somam juntos 5% da preferência do eleitor. Se o pessebista Vanderlan Cardoso for incluido no grupo dos nomes da base, essa soma sobe para 17%, já que ele desponta em terceiro lugar com 12,5% no cenário projetado.

Murilo Hidalgo, presidente do Paraná Pesquisas, salienta que, neste momento, os índices de rejeição de todos os pré-candidatos são baixos, com exceção de Iris, o único que ultrapassa a casa dos 20 pontos percentuais.

Nos bastidores, já se fala na tentativa de união das três pré-candidaturas em torno de apenas um nome, para que os votos sejam compactados. Mas, por enquanto, os pré-candidatos continuam irredutíveis na questão e apostam no projeto próprio para levar a vitória na capital. Enquanto os tucanos argumentam que essa é a primeira candidatura própria desde o ano 2000, já que no spleitos anteriores apoiaram aliados, Francisco Júnior e Bittencourt afirmam que os projetos de candidaturas independentes foram garantidos pelos partidos.

Em nota divulgada à imprensa, Vecci, que teve 1,4% das intenções de voto, justificou a baixa porcentagem em relação ao seu nome. Segundo ele, nesse momento 70% da população ainda não o conhece, e diz que também há “pré-candidatos extremamente conhecidos e que estão há muito tempo na política. Não apresentam assim números tão elevados”. Ele finaliza a nota afirmando que esse primeiro resultado não tira o seu ânimo e de sua equipe, e que todos vão continuar com determinação “neste caminho a ser percorrido até a eleição e conquistarmos a vitória”.

Já Francisco Júnior, que também marcou a mesma porcentagem de Vecci, e está em viagem à Jerusalém, disse que recebeu os números com naturalidade e satisfação. “Fico satisfeito com o resultado, porque já começo a ser reconhecido pela população e existe um grande potencial para o crescimento”. De acordo com ele, a tendência é que seu nome cresça, enquanto que “aqueles mais conhecidos” manterão os mesmos números ou começem a cair nas pesquisas.

O deputado estadual ainda afirmou que essa primeira pesquisa serve como parâmetro de conhecimento dos pré-candidatos pela população. “Na campanha é que vamos ter esse contato mais intenso e direto com a população, numa situação de candidato e eleitor, para se analisar as propostas e a capacidade de gestão”, finalizou o pessedista.

A reportagem tentou contato com Luiz Bittencourt, mas não conseguiu até o fechamento da edição. Já Vanderlan Cardoso não retornou as ligações.

1 Comentário

Comente