Uncategorized

PM de Brasília retoma hotel invadido

prisao edson francisco da silva 05jun16

Cerca de 200 policiais do Batalhão de Choque e do batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do DF, auxiliados por dois helicópteros e pelo Corpo de Bombeiros, tomaram o prédio onde funconouo Torre Palace Hotel, em Brasília. A operação foi iniciada às 6h32 da manhã deste domingo (5). Os ocupantes se renderam às 7h07. A retirada durou 35 minutos.

Os invasores jogaram tijolos, pedras, telhas nos policiais e chegaram a usar um fogão e um botijão de gás, incendiando o alto do prédio. Foram usadas várias bombas de efeito moral, mas, apesar da atentativa de resistência dos delinquentes, remanescentes da invasão ocorrida há oito meses, ninguém ficou ferido.

Quatro crianças utilizadas pelos invasores como uma espécie de escudo humano, foram as primeiras a serem retiradas do Torre Palace, sendo atendidas na ambulância do Corpo de Bombeiros. Apesar de muito assustadas, aparentemente o estado de saúde delas é bom.

Os adultos foram ao Departamento de Polícia Especializada (DPE) da Polícia Civil para serem autuados por vários crimes como tentativa de homicídio, resistência, dano ao patrimônio.

Entre os detidos está Edson Francisco da Silva, “líder” de um grupo auto-intitulado de “Movimento de Resistência Popular”, investigado por extorquir os pobres diabos que seguem sua liderança, tomando-lhes um percentual dos R$600 que o governo do DF dá a cada família a título de auxílio-moradia. A Polícia Civil apurou que Edson usou esse dinheiro em benefício próprio e de sua residência, inclusive adquirindo um sedan Toyota Corolla.

1 Comentário

Comente