Uncategorized

Produção de veículos tem o pior maio desde 2004

divulgação

Um dos setores mais atingidos devido à crise, a indústria automotora teve ascensão de 3,2% em maio comparado ao mês anterior, no entanto queda de 18% em relação ao mesmo período do ano passado, isto quer dizer menor nível de produção para o mês desde 2004. No acumulado de janeiro a maio, 834.054 unidades saíram das fábricas, ou seja, um recuo de 24,3% sobre o resultado alcançado em igual intervalo de 2015.

2 Comentários

  1. Doutor Prolegômeno Reply

    Deveria existir uma lava jato para investigar as influências nefandas da indústria automotiva no Brasil. Desde que JK abaixou as calças para sua vinda na década de 1950, elas são as maiores influenciadoras das políticas econômicas e fiscais dos últimos 60 anos no Brasil. Foi no berço do sindicalismo pelego das indústria automotiva que foi parido o grande cancro nacional que arrasou o Brasil: o lulopetismo, depois batizado e abençoado pelos líderes da igreja da teologia da libertação e das comunidades eclesiais de base.

  2. Ezequiel Carlos Prieto Reply

    Quem sabe por estarem em queda livre nas vendas, as montadoras refaçam seu preços ao patamar justo.

Comente