Uncategorized

APP prepara panfletagem dentro de escolas em mais um dia sem aula

app-sindicato

A APP-Sindicato organiza para a próxima sexta-feira (10) mais uma ação política envolvendo os estudantes das escolas da rede estadual de entidade. O sindicato, presidido por Hermes Leão e Marley Fernandes, dois ex-candidatos do PT, está ordenando aos professores associados mais um dia sem aulas. Em lugar do ensino, a data será dedicada a defesa da volta da presidente Dilma Rousseff.

Agora, os dirigentes da APP defendem professores deixem as atividades pedagógicas de lado e façam panfletagem dentro das escolas para defender o regresso do lulopetismo ao comando do País. A ação inclui também a organização de comitê regionais “contra o golpe” para disseminar a distorcida visão de que o PT foi apeado do poder não por causa dos crimes contra a administração pública e da corrupção sistêmica, mas por causa de outros interesses inconfessáveis. Até vídeos o sindicato produziu para orientar a tropa sobre a organização das ações.

19 Comentários

  1. antonio marques Responder

    E a Secretaria da Educação vai permitir? Se fosse alguma outra ação, este sindicato petista iria fazer protestos, mas para eles fazerem pode…BANDO DE SAFADOS, que não me representa como professor.

  2. Que é isso? Haja doutrinação!

    Por isso temos um dos piores sistemas de Educação do Mundo!!!

  3. Fica claro que estes “professores” pouco ou nada tem a ver com a educação que, aliás foi um fracasso na administração petista. É preciso também virar a página desse sindicato pelego e mal intencionado.

  4. Esta APP é realmente um nojo. Os professores que deveriam dar
    o exemplo para os alunos, caminham exatamente para o lado oposto
    da lisura. Se esta dupla que presidem a APP continuarem agindo
    de forma contínua com o PT e os professores (de fato) permanece-
    rem em silencio… meus pêsames, professores !!!

  5. ELEITOR PARANAENSE Responder

    analfabetos serem manipulados pelo PT ,até dá para entender agora professores , profissionais que supomos ser esclarecidos e entender todo o contexto de corrupção formado por estes caras e saber o que isto esta ocasionando em todo o país não dá para entender. a unica explicação é de que querem ou são tão corruptos como os indiciados e os já condenados.
    Apoiar um ato destes é puro ato de conivência com o maior caso de corrupção da historia mundial, ou seja são tão ladroes quanto os maiores ladores do dinheiro do povo brasileiro

  6. Caipira Pé vermeio Responder

    MEU DEUS ATÉ QUANDO ISSO??? SÃO PROFESSORES MESMOS ESSE LINGUINHA PRESA ESSA OUTRA??? ATÉ QUANDO VAI ESSE DISAFORO COM AS FAMILIAS DE BEM???
    MEU DEUS !!! GENTE VÃO TRABALHAR… O ORÇAMENTO DA APP 26 MILHÕES POR ANO… ACORDAM MESTRES PROFESSORES, QUE MUITO ME ORGULHAM…

  7. Pague o que deve aos professores, progressões e promoções em atraso.

    Depois, terá todo o direito de se escandalizar com o que será feito no dia 10 próximo.
    Richa tem a caneta na mão. Deixou-se levar pelo canto de seria de pessoas como o perdulário Hauly, a incompetente Dinorah Nogara e o homem mamão Maurício Fanini, o rei das escolas de ar…
    Afundou o Paraná financeiramente, numa administração que só perdeu em incompetência para a de Dilma.
    Agora, está nas mãos do Baby Sitter Mauro Ricardo Costa e dos “coronéis” Rossoni e Traiano.
    A solução para o embate com os professores?
    Baixou o Decreto nº 4189 de 25 de maio de 2016, impedindo o pagamento da já importante dívida que o estado tem com professores, policiais e funcionários.

    Utilizar as escolas para tal intento chega às raias do crime.

    Mas qual a diferença entre isto e não honrar com a devida progressão e promoção na carreira (amparada por lei!), servidores que passaram muitas vezes finais de semana seguidos estudando, longe de sua família, para que?

    Para na hora em que devem receber o prêmio merecido por seu sacrifício, e sem condicionantes, pois afinal de contas o secretário Mauro Ricardo foi à A.L. falar do aumento da arrecadação do estado, publicam-se vários anúncios alardeando o sucesso da reforma fiscal, etc., todos os servidores, entre eles professores e funcionários de escola, recebam um decreto ao invés do que o Estado lhes deve?

    Tenho a certeza seu Campana, de que muitos professores não participarão do tal movimento esdrúxulo.

    Se ao menos o governador viesse à TV e pedisse desculpas pelo dia 29 de abril de 2015, deixando de ouvir de vez os “coronéis” e seus jagunços, tudo se resolveria.

    Repito: pague o que deve aos professores.

    Temer já acabou com a Lei do Piso nacional…

  8. OS PAIS QUE PAGAM OS SALARIOS DESSES VAGABUNDOS,TEM QUE SE UNIR,IR LÁ E QUEBRAR A CARA DESSES VERMES,QUE NADA PRODUZEM DE BOM.

  9. Tem que chamar a Polícia é fazer boletins de ocorrência. Escola é para o estudo, não é para servir aos pixulecos da banDilma

  10. Sociedade Resposde Responder

    Sim e o governo não vai descontar o dia sem aula desses senhores atrevidos que pensam que podem tudo? ** Afinal, a APP é um sindicado de defesa dos professores e a serviço da Educação ou da politicagem rapineira? ** Deixa que do Luiz Inácio e sua turma o impoluto juiz Sérgio Moro cuida. E vocês, por favor cumpram o seu trabalho. É para isso que a sociedades decente lhes paga. Chega de tanta indecência!

  11. Aula? Pra quê aula, se o objetivo é “formar” cada vez mais analfabetos e agora, analfabetos políticos também, com uma visão totalmente distorcida da realidade nossa de cada dia! Lamentável…

  12. O que está faltando nesse país é cadeia. Tudo que é vagabundo arruma uma teta, e nela se pendura, se lambuza, não trabalha um dia sequer na vida, fica rico, faz o que quer, e ainda posa de patriota.
    Está faltando um general em Brasília.

  13. É por isso que a educação do povo brasileiro está como está. Volta lula, volta dima, para o lugar onde vocês nunca deveriam ter estado. O povo não merece retrocesso. Senhores professores vão para as salas de aula e cumpram aquilo que lhes é de direito, dar aula, ensinar, formar novos cidadãos. Depois que petistas tomaram conta, invadiram as escolas tudo foi para o esgoto.

  14. E pode isso, panfletar dentro das escolas? A função dos professores é educar ou agora é doutrinar politicamente? Os pais dos alunos vão concordar com essa manobra por sindicalistas? Isso ainda é Brasil?

  15. -Esta APP sindicato já passou dos limites toleráveis com a educação e paciência….
    -Verdadeira vergonha, pagarmos os salários dos professores do estado(através de inúmeros impostos) e quando pensamos que estão cumprindo jornada nas escolas ensinado nossos filhos, está fazendo panfletagem política. Claro que não são todos os professores, existem milhares de exceções, ainda bem!!!

  16. ELEITOR PARANAENSE Responder

    a APP deveria mudar sus personalidade juridica e passar a ser partido politico , afinal eu nunca vi a APP fazer qualquer movimento em prol da melhoria do ensino, para que os alunos das escolas publicas não precisem de usar as humilhantes cotas para ter acesso as universidades e depois possam acompanhar os cursos e não tenham que desistir já no primeiro ano por não possuir conhecimento suficiente para acompanhar os demais alunos. Nunca vi a APP investir no sentido de não permitir que 60% dos alunos da 5ª série de escolas publicas sejam considerados analfabetos funcionais.
    A APP tem um orçamento gigantesco maior que de muitos municipios brasileiros porem a unica coisa que faz é confusão, se eu fosse professor me envergonharia de tê-los como representantes e cobraria uma prestação de contas muito bem detalhada do que é feito com todos estes recursos, pois segundo se comenta é de ficar de cabelo em pé.

Comente