Uncategorized

Fruet desabafa, mas acredita no metrô de Dilma

fruet-dilma

Nesta segunda-feira, 13, o prefeito Gustavo Fruet (PDT) desabafou na entrevista ao Paraná Portal, criticou os atuais pré-candidatos e afirmou que eles não têm conhecimentos das ações que estão sendo feitas em Curitiba. “Esta campanha será nervosa, dura e desconstrutiva”, disse Fruet. Das suas ações, Fruet, destacou o setor de transporte coletivo urbano, criticou ainda o governo federal e garantiu que não desistiu do projeto do metrô.

Em relação aos moradores de rua, Fruet afirmou que os curitibanos enquanto são solidários com questões de pobreza e desgraça mundiais, são, ao mesmo tempo, discriminadores ao se tratar de cidadãos marginalizados que estão morando embaixo de marquises dentro da sua própria cidade.

(foto: Maurilio Cheli/SMCS)

5 Comentários

  1. Antonio Carlos Responder

    Nesta estou com o palerma, no dia em que inaugurarem a Transnordestina e as águas do São Francisco começarem a fluir pela tal transposição, o prefeito de então fará a primeira viagem do tão sonhado metrô. Em que ano será? Com certeza só Deus sabe.

  2. Observador Atento Responder

    Gustavo Fruet, voce errou. Errou ao se aliar ao PT, errou ao acreditar naqueles que te procuravam em seu escritório e que em busca de espaço em sua administração, desqualificavam funcionários altamente competentes da prefeitura, errou ao dar espaço, em sua administração, a pessoas odiosas e perseguidoras, errou ao formar um secretariado acadêmico e sem experiência administrativa e política, errou ao nomear incompetentes para altos cargos, errou ao não valorizar funcionários de carreira, errou ao deixar formar-se ao seu redor uma verdadeira barreira aqueles que o procuravam, errou em acreditar em quem não deveria, errou ao permitir que funcionários de carreira dedicados e experientes fossem mandados para casa. A consequência: uma administração que jamais será esquecida pelo seu fracasso!

  3. NA CORDA BAMBA Responder

    O Fruet foi um político que não sucedeu o seu pai. Trilhou caminhos escusos partidários e por fim associou-se ao PT. Naquela
    época ainda as forças do Lula e da Dilma era substancial e a pró-
    pria Dilma inaugurou com o Fruet o metrô de Curitiba inúmeras ve-
    zes. Burros de quem acreditou !!!

  4. Dizem as más línguas que o Fruet continua acreditando no seu
    “bicitrôs”, ou seja bicicleta que um dia pode virar metrô…

Comente