Uncategorized

Projeto Eleições limpas 2016 em Curitiba tem as inscrições abertas

Ademar Traiano no plenário

“A assembleia está fazendo sua parte no esforço para aperfeiçoar e melhorar a política. O Projeto Eleições Limpas 2016, um encontro sobre a reforma eleitoral, que já foi realizado em diferentes regiões do Paraná, e vai acontecer nesta sexta-feira (8) em Curitiba, é um exemplo”.

A declaração é do presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano, destacando que o debate ‘Eleições Limpas’ está aberto a todos e as inscrições são gratuitas. “O público alvo das palestras são futuros candidatos, operadores do Direito e assessores políticos que estarão diretamente envolvidos no processo eleitoral deste ano, o primeiro a ser realizado já com as novas regras em vigor, mas todos estão convidados”.

O Projeto Eleições Limpas, uma parceria entre a Escola do Legislativo da Assembleia Legisltativa do Paraná e a Academia Brasileira de Direito Constitucional (ABDConst). Este é o quinto dos cinco encontros que aconteceram em diferentes regiões do Paraná sobre a Reforma Eleitoral de 2015. Será às 13:30, sexta-feira no Plenário da Assembleia.

“Serão abordadas questões como o registro de candidaturas, propaganda eleitoral, financiamento e despesas de campanha, prestação de contas, condutas vedadas, entre outros que possam causar dúvidas ou gerar problemas. O intuito é informar aos candidatos sobre as mudanças no processo eleitoral”, explica Flávio Pansieri, presidente do Conselho Fundador da ABDConst.

“A participação tem sido muito boa. Todos têm aproveitado para tirar dúvidas, esclarecer as principais mudanças. Fazemos esse trabalho de prevenção para que se evite que determinado candidato não respeite regras eleitorais e tenha seu mandato eletivo cassado por uma ordem judicial”, ressalta o diretor da Escola do Legislativo, Dylliardi Alessi.

As palestras do Eleições Limpas serão ministradas por Luiz Fernando Tomasi Keppen, presidente do TRE-PR; por Jean Carlo Leeck, juiz do TRE-PR; Fábio Pansieri, professor doutor, conselheiro da OAB; Paulo Affonso da Motta Ribeiro, juiz do TRE-PR e Neviton Guedes, desembargador do TRF 1ª Região.

(foto: Nani Gois/Alep)

1 Comentário

Comente