Uncategorized

Juiz mantém preso
ex-assessor de
Paulo Bernardo

paulo-bernardo

O juiz federal Paulo Bueno, de São Paulo, não concordou com a decisão do ministro Toffoli do STF, que liberou o ex-ministro Paulo Bernardo (PT) e outros sete presos, mas manteve nas grades o ex-tesoureiro do PT Paulo Ferreira e Nelson Luiz Oliveira Freitas, ex-assessor do ex-ministro.

Paulo Bueno acatou os argumentos do Ministério Público Federal: de que Nelson Freitas teria continuado a praticar crime, com base na delação de Alexandre Romano.

(foto: arquivo/google)

Comente