Uncategorized

Richa entrega novos veículos para reforçar fiscalização em obras públicas no Paraná

richa-obras

Nesta quarta-feira, 13, o governador Beto Richa entregou 15 novos veículos para reforçar o trabalho da Paraná Edificações. Os fiscais do órgão fazem 400 vistorias mensais nas obras em andamento. Os veículos, investimento de R$ 487 mil, fazem parte da série de ações para estruturar a Paraná Edificações. “Estamos investindo fortemente na fiscalização de obras em andamento no Estado, uma medida fundamental, diante do grande volume de construções em execução no Paraná. Temos uma grande preocupação em dar mais transparência e criar novos mecanismos para fiscalizar a aplicação do dinheiro público”, disse Richa.

Atualmente, o Governo do Paraná soma mais de R$ 640 milhões em obras, entre novas construções, ampliações e reformas. Desde 2013 até 2016, os servidores da Paraná Edificações foram responsáveis pela fiscalização e execução de projetos no Estado, cujos recursos somaram R$ 1,122 bilhão.

A autarquia, criada em 2012, é responsável pela construção de estruturas das secretarias do Estado, com exceção da Secretaria da Educação, e também de obras em convênio com os municípios. São delegacias cidadãs, penitenciárias, hospitais, unidades de saúde, centro de especialidades médicas, Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializados em Assistência Social (Creas), centros da juventude, entre outros.

(foto: Pedro Ribas/ANPr)

2 Comentários

  1. Zé Venancio Reply

    Engraçado…

    Onde está o Maurício Fanini?

    O homem forte das empreiteiras que atendem o estado estranhamente não aparece na alegre foto…

  2. QUESTIONADOR Reply

    -E veículos para o DER??? Tem algumas regionais do DER no Estado em que a ingerência administrativa corre solta. Há funcionários que batem o ponto e saem para “fiscalizar obras” e só aparecem para registrar o término de expediente. Outra questão, em algumas regionais do DER, a fiscalização dos serviços que as concessionárias de rodovias fazem cabem à uma empresa terceirizada para tal serviço, contratada pelo Estado para averiguar os serviços das concessionárias, enquanto isso, os responsáveis pela fiscalização se tornam abelhões: voando e fazendo cera!!! Vergonha completa!!!

Comente