Uncategorized

Reni Pereira tentou coagir delator, afirma juiz

images_cms-image-000507696
Desembargador Márcio Antônio Rocha informou que “o advogado constituído por Reni Clóvis de Souza Pereir, Egídio Arguello (…) procurou o colaborador Nilton João Beckers, na carceragem da Delegacia de Polícia Federal em Foz do Iguaçu, e comentou com ele acerca de matéria publicada em site de notícias local, que tratava de suposta delação premiada pelo investigado, tendo, inclusive, se apresentado como advogado do colaborador”, disse.

Pereira e a primeira-dama e deputada estadual Cláudia Pereira (PSC) são investigados pelo envolvimento em um esquema de corrupção que, segundo os investigadores, desviou perto de R$ 5 milhões em recursos

1 Comentário

  1. E agora reni auditor da receita estadual ,quem vc vai detonar em Curitiba conta aí vai

Comente