Uncategorized

Sergio Moro rebate defesa de Lula e nega
ser ‘juiz acusador’

sergiomoro
O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, rejeitou em despacho na tarde desta quinta-feira (22), as alegações da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de que o magistrado teria se tornado um “juiz acusador” e perdido a imparcialidade para julgar o petista.

As afirmações sobre Moro foram feitas por um dos advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, em entrevista publicada pela Folha nesta quinta, e já constavam em uma petição encaminhada pelos defensores de Lula ao próprio juiz no início do mês, na qual os advogados do ex-presidente pediram que o magistrado reconhecesse a perda da imparcialidade para julgar Lula (requerimento que tecnicamente recebe o nome de exceção de suspeição).

De acordo com a defesa de Lula, Moro autorizou um número excessivo de medidas injustificadas contra o petista e teria feito acusações ao ex-presidente em manifestações no processo, o que indicaria um “juízo de valor” desfavorável ao investigado.

Em resposta à petição dos advogados, Moro rebateu as alegações da defesa afirmando que o fato de ele expor seu entendimento provisório sobre as situações das investigações não significa prejulgamento em relação a Lula. “Apesar das deliberações implicarem, em cognição sumária, alguma apreciação do caso, o relevante é que o Juízo, mesmo tomando decisões favoráveis ou desfavoráveis a uma das partes no processo, mantenha-se, até o julgamento, com a mente aberta para, após pleno contraditório e debates, mudar de convicção se for este o caso”, disse.

O magistrado citou exemplos de decisões suas contrárias a pedido do Ministério Público Federal na Lava Jato. “Observa-se, aliás, que várias medidas requeridas pelo MPF foram indeferidas, como, v.g., o indeferimento dos pedidos de prisão temporária de associados do ex-presidente e o indeferimento da condução coercitiva da esposa do ex-presidente.”

“O fato da parte afetada, ainda que um ex-presidente, discordar dessas decisões, em nada altera o quadro”, completou.

Moro também negou serem abusivas as medidas adotadas em relação ao ex-presidente. Defendeu a decisão na qual determinou a realização de condução coercitiva de Lula para prestar depoimento sobre os temas da Lava Jato.

“É evidentemente inapropriado equiparar a medida à qualquer prisão, ainda que provisória, uma vez que o investigado é apenas levado para prestar depoimento, resguardado inclusive o direito ao silêncio, sendo liberado em seguida. Assim, o ex-presidente não se transformou em um preso político por ter sido conduzido coercitivamente para prestar depoimento à Polícia Federal por pouca horas”, escreveu Moro.

O juiz ainda rejeitou a afirmação de que foi ilegal a interceptação telefônica de ligações de um dos advogado de Lula, Roberto Teixeira. Segundo Moro, Teixeira deve ser investigado por supostamente ter ajudado Lula “na aquisição com pessoas interpostas” do sítio em Atibaia frequentado pela família do ex-presidente.

“Se o advogado, no caso Roberto Teixeira, se envolve em condutas criminais, não há imunidade a ser preservada, nem quanto à comunicação dele com seu cliente também investigado”.

Em nota, Teixeira afirmou que os atos que praticou em relação ao sítio “são próprios da advocacia e não de criminoso”.

5 Comentários

  1. Dizem que política é dinâmica, uma vez que os fatos se alteram da noite para o dia. Esquecem muitas vezes aqueles que por interesse, por oportunismo ou qualquer outro fatos de alguns predicados do ser humano. A coerência, o caráter, a lealdade e outros.
    Quanto a coerência e caráter são dois dos vários pontos que mais faltam nos políticos.
    ]O impressionante é que um político de outrora, que foi escrachado, insultado hoje se alie a aquele que o insultou e até injuriou.
    O povo e principalmente os políticos esquecem de alguns fatos pretéritos entre eles.
    Por exemplo, Greca foi humilhado por vários anos por Requião e depois se bandeou para o lado do senadore, renegando basicamente o seu patrono politico Jaime Lerner, que entregou uma Prefeitura e cidade ajustada para que Greca e qualquer outra pessoa ou objeto fosse eleito em 1992, tal era a performance de Jaime Lerner na época.
    Esqueceu desta feita o Greca que quando estava como administrador da Casa Romário Martins colocado lá pelo Jaime iniciou seus passos na mídia até chega a Prefeito depois ministro e afundou com a caravela dos 500 anos de descobrimento do Brasil, vexame total.
    Depois ao se aliar a Requião ficou refém do senador e agora sai por um partido inexpressivo e procura alianças.
    Muitos que votaram pela primeira vez nem sequer tinham nascido quando Greca foi Prefeito e assim não conhecem a verdadeira história de como foi sua chegada a Prefeitura e por mãos de quem.
    Ma campanha de 2012 Greca ficou isolado e perdeu a eleição e perdeu para Ducci, Fruet e Ratinho, sendo Fruet que corria por fora eleito no 2º turno, um fato inesperado para a época.
    Agora o mais irracional são akgumas alianças, hoje por exemplo Ducci manifesta apoio a Greca e parece que esquece que na campanha de 2012 foi ultrajado humilhado, criticado por Greca que expos Ducci então Prefeito ao ridículo, lembro aqui o caso da calçada de granito no Batel.
    O estranho e oportuno em política aparece e aí que a população precisa lembrar e se perguntar por quê?
    Por quê Ducci abriu mão de ser candidato e apoia Greca que o criticou tanto em 2012, por esses e por outra é que dizem que ´política é “dinâmica”, aliás é uma forma de dizer que é uma puta sacanagem e um jogo de interesses que a cobrança e a troca virá mais cedo ou tarde.

  2. OS “vermes petistas”, TENTANDO CRIAR UM FACTOIDE PARA TORNAR O CHEFÃO DA MAIOR FACÇÃO CRIMINOSA QUE O PAÍS JÁ TEVE, EM UMA VÍTIMA DE AÇÕES POLÍTICA. ESTE MARGINAL CONHECIDO COMO lula (o ébrio), TEM QUE DEVOLVER TODOS OS “bilhões” ROUBADOS DA ptROBRAS, E ‘morrer” ENCARCERADO. SÃO OS MEUS VOTOS E DESEJO, COMO TAMBÉM O DESEJO DE MILHÕES DE BRASILEIROS.

  3. Dr. Moro, está na hora de dar uma prensa no “estrelinha” Dallagnol, que fica falando pelos cotovelos à mídia, mas ainda não denunciou o Jararaca!!! Precisamos ver o Jararaca INELEGÍVEL, Dr. Moro, caso contrário ele volta com tudo em 2018!!! E, se ele voltar, o senhor será perseguido por no mínimo 8 anos!!! Não subestime a estupidez do povo!!!

Comente