Uncategorized

Nova fase da Lava Jato dá mais dor de cabeça para Gleisi Hoffmann

gleisi (1)

A prisão do ex-presidente e do ex-diretor da Queiroz Galvão nesta terça-feira, 2, na 33 ª fase da Operação Lava-Jato, a “Resta Um”, promete mais dor de cabeça para a senadora Gleisi Hoffmann (PT). A empreiteira repassou R$ 475 mil para a campanha da petista ao Governo do Estado em 2014. Gleisi afirma que a doação foi legal. Já a PGR e o MPF sustentam que as empreiteiras investigadas pela Lava Jato repassaram, na verdade, propinas para as campanhas petistas.

Nesta nova fase da Lava Jato, foram expedidas 32 ordens judiciais – 23 mandados de busca e apreensão, 2 de prisão preventiva, 1 de prisão temporária e 6 de condução coercitiva. Os mandados foram cumpridos em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Goiás, Pernambuco e Minas Gerais. O mandado de prisão temporária é contra Marcos Pereira Reis. Ele está no exterior, segundo a PF. São investigados na ação contratos do Complexo Petroquímico do Rio (Comperj), da Refinaria Abreu Lima, da Refinaria Vale do Paraíba, da Refinaria Landulpho Alves e da Refinaria Duque de Caxias.

(foto: internet)

3 Comentários

  1. HOJE OU AMANHÃ VAI ACONTECER, ……RICHA QUE VAI INDICAR O VICE DO RAFAEL, ……PROFESSORES….

Comente