Uncategorized

No Paraná, cidades pequenas lideram
geração de empregos

Município de Medianeira, Paraná. Foto: Divulgação

A cidade de Capanema, no Sudoeste, foi a campeã de geração de empregos no primeiro semestre no Paraná, com um saldo positivo de 2.519 vagas, de acordo com o Ministério do Trabalho. O aumento do emprego na cidade é fruto, principalmente, da construção da hidrelétrica Baixo Iguaçu, que tem participação da Copel. Somente na construção civil foram 2.519 vagas no município no primeiro semestre.

Com 18,5 mil habitantes, Capanema é exemplo de como as cidades pequenas vêm contornando a desaceleração econômica e puxando a geração de empregos no Estado. Um levantamento da Secretaria de Justiça e Trabalho com dados do Caged, mostra que das dez cidades que mais geraram vagas nos primeiros seis meses de 2016 no Paraná, nove tem menos de 65 mil habitantes. Apenas Toledo, que aparece na lista, tem mais de 100 mil habitantes.

Depois de Capanema, Medianeira (foto) foi a segunda cidade com maior saldo de 596 vagas, seguido por Toledo (495), Florestópolis, com (467), Marialva (456), Santo Inácio (319), Bocaiúva do Sul ( 308), Cambará (306), Santa Helena ( 273) e Jaguapitã (272).

Setores como construção civil, frigoríficos e sucroalcooleiro puxaram o emprego nesses municípios. Mas há também geração de vagas na área de saúde, laboratórios, indústria de madeira e de vestuário.

(foto: divulgação)

1 Comentário

  1. PEDROCA DO SUDOESTE Reply

    O momento que terminar a construção da Usina, veremos o desemprego. Esse aumento é SAZONAL e passageiro.

Comente