Uncategorized

TRF4 julga agravos e dá nova vitória à Araupel

araupel

A Araupel venceu mais um round na disputa judicial para provar a legalidade dos títulos de terras questionados pelo Incra e pelo MST na região de Quedas do Iguaçu. Ontem, o Tribunal Regional Federal, de Porto Alegre, por unanimidade, manteve a suspensão da ação, desobrigando a empresa da compra de 10,7 mil hectares destinados a assentamentos do MST. As informações são d’O Paraná.

Também foi negada a pretensão da União e do Incra da imediata imissão de posse no referido imóvel. A decisão vem confirmar a regular propriedade da Araupel sobre a área, fato defendido desde sempre pela empresa, afirma a direção da reflorestadora. Com a decisão do TRF4, caem por terra argumentos que o MST tenta empregar na tentativa de justificar invasões a propriedades da empresa.

Foram duas apenas nos últimos dois anos, em Quedas do Iguaçu, município que vive a mais séria instabilidade desde a sua emancipação. Com bloqueios a áreas de corte de madeira, a Araupel está com dificuldades de manter em pleno funcionamento a sua planta industrial e, gradualmente, faz dispensas de funcionários. Cerca de 150 perderam seus empregos apenas nos últimos meses.

Comente