Uncategorized

Debate na Band:
veja o que disseram
os candidatos

Nesta segunda-feira, 22, aconteceu o primeiro debate com os nove candidatos a prefeito de Curitiba. Entre os temas elencados, segurança, saúde, transporte e, principalmente, educação protagonizaram o debate. O atual prefeito Gustavo Fruet foi muito cobrado por causa da desintegração do transporte, do concurso da Guarda Municipal e fechamento dos berçários. A seguir veja alguns dos principais pontos do debate:

Maria Victoria (PP): inaugurou o debate falando de educação, destacou que só existem três escolas municipais integrais em Curitiba. Diz que é preciso reintegrar o transporte metropolitano e que será uma iniciativa imediatada de sua gestão. Destaca que 74% da população usa o transporte e portanto é necessário mais agilidade e as tarifas de pico. Mostrou-se a favor do UBER. Relembra que muitos guardas municipais que passaram em concurso ainda não foram chamados.

Afonso Rangel (PRP): diz que o orçamento da educação é suficiente para trazer para a cidade uma educação do primeiro mundo. Ele acha que o transporte é caro e considera possível diminuir o preço.

Rafael Greca (PMN): revela que Fruet extinguiu vagas das creches e diz que conseguirá aumentar o número de vagas já no primeiro ano. “Curitiba não é para principiantes”, afirmou. Greca resgata seus feitos como o vale-creche. Greca destaca que é ficha limpa e que foi absolvido em todos os processo que moveram contra ele, diz que suas obras falam por ele. Sobre cultura Greca destacou vários pontos turísticos da cidade que possam ser usados como complementação da educação, que é preciso a utilização dos espaços públicos.

Requião Filho (PMDB): critica a FAS. Mas diz que os centros de recuperação são ótimos. Cursos e incentivos são necessários para os moradores de rua. Falou que não basta cortar o mato e pintar muros para ter uma boa saúde pública, é preciso também ter banheiros limpos. E garante que temos bons médicos e enfermeiros. Requião também falou que os artistas sofrem e não recebem “carinho”.

Tadeu Veneri (PT): “Segurança não se faz só com discurso”. Veneri defende a integração entre as Polícias Civil e Militar e Guarda Municipal, mostra-se categoricamente contra a repressão. Considera a passagem de ônibus cara, relembra a desintegração que ocorreu no governo Fruet.

Gustavo Fruet (PDT): se defende da dívida que o município tem e usou o tempo para falar dos feitos de seu governo na área da educação. Contradizendo os candidatos, Fruet disse que investiu em educação e que 84% das crianças passam o dia inteiro nas escolas. Lamenta que os candidatos se equivocaram com dados referente à segurança. Fruet se defende da pauta do transporte público culpando o governo de estado.

Xênia Mello (PSOL): destacou que é a única candidata que usa os serviços públicos. Disse que é a única candidata que não está envolvida na Lava Jato, através dos partidos. Lembrou que Fruet fechou mais de 40 berçários.

Ney Leprevost (PSD): salientou que o projeto do ônibus inter-hospitais é seu. Disse que ninguém mais tem tranquilidade para andar nas ruas e que a prefeitura deve fazer a sua parte. Ney garantiu que como prefeito não ficará reclamando do governo do estado e que fará sua parte. Prometeu criar a Unidade de Combate ao Crack.

14 Comentários

  1. Fruet tava dopado Responder

    O Fruet deve ter tomado ulgum remédio para azia e gastrite pois tava com a lingua branca, espumando saliva para fora da boca, nervoso e piscando muito. A cidade está um caos e ele repetiu muita promessa da campanha anterior e que até agora não foram feitas. Falou maravilhas da guarda municipal mais os guardas sequer tem uniforme para vestir. Transporte coletivo sucateado. Moradores de rua tem dois tipos sendo os que precisam e desvalidos e boa parte composta por bandidos que tem criado problemas para os comerciantes que pagam impostos e se sentem inseguros para trabalhar e gerar impostos. Muita coisa ruim na nossa cidade. Fora Fruet. Se tá ruim, por que não vai embora então.

  2. .
    OUVI PELO RÁDIO O DEBATE, DO INÍCIO ATÉ O FIM. E A DISPUTA SERÁ ENTRE GUSTAVO FRUET, RAFAEL GRECA E NEY LEPREVOST. SINCERAMENTE, NÃO SEI PORQUE CANDIDATOS, TIPO MARIA VITÓRIA, REQUIÃO FILHO, XÊNIA MELLO, TADEU VENERI, AFONSO RANGEL, E AQUELE OUTRO ADEMAR NÃO SEI QUÊ, SE CANDIDATARAM … APÓS A FALA DELES, PERCEBE-SE QUE NÃO TÊM A MENOR CHANCE, POIS DEMONSTRAM ESTAREM TOTALMENTE INCAPACITADOS PARA GERIR UMA CIDADE COMO CURITIBA.

  3. Cansei de políticos. Ouvir propagandas e discursos destes caras
    me dá nojo. Se todos repararem bem, o script é sempre o mesmo e
    o pior é que a maioria ainda acredita. Em épocas pré eleitorais to-
    dos sem exceção lembram dos saneamentos básicos, escolas, cre-
    ches e os mais lembrados são os pobres. No dia seguinte !?

  4. Angelo Antonio Responder

    Péssimos : medalha de ouro para Xenia, parecia uma louca, é oi PT ontem, sem mandato.
    Rangel, ruim também.
    Louco louco: Fruet, esqueceu que ele é o pref. Fala e não faz nada!!!!
    Candidato muito louco : Requião, sem condições
    Candidato mimimimi: Tadeu, sempre igual, mas ninguém viu trabalho dele. PT né

  5. Nelson Rodrigues Responder

    Sempre a mesma conversa mole…”saúde, educação e segurança pública”.
    Político pensa que é administrador de plano de saúde. A política está reduzida à vagas na creche e “programas” (outra porcaria inventada pelos nossos gênios políticos, qualquer idéia estúpida vira “programa”) para craquentos.

  6. Lauro Rodrigues Responder

    Quando não se está jogando em campo , ousem está participando fora da vitrine as respostas vem com maior facilidade e o senso crítico fica mais aguçado , então na minha avaliação o debate foi bom , as questões poderiam ser mais amplas , o orçamento da cidade de Curitiba e gigantesco, e está engessado pela folha de pessoal , cargos comissionados , o aproveitamento dos funcionários concursados está aquém do que deveria , queria ter visto e ouvido temas como projetos , como as parcerias público privadas podem melhorar a administração , as PPP, o projeto metro, a integração de Curitiba e RM, em serviços básicos , auxiliando os municípios da RM , assim evitando que os problemas das cidades vizinhas se somem aos nossos . Era isso que nos eleitores queríamos ter visto , queremos ver propostas com embasamento técnico e financeiramente viáveis , com clareza de explicação e com vocabulário popular para que o cidadão tenha paciência de ver um debate até o final e principalmente o horário político ! É a opinião!

  7. Lorenzo Benatto Violli Responder

    Gostei muito do desempenho do candidato Ney Leprevost. Homem da verdade. Não mentiu dizendo que fez creche que não fez; não enganou com números fantasiosos tentando explicar o inexplicavel entre o real e o virtual; não fez demagogia. Curitiba já conhece aquele que não trabalhou, que enganou a população dizendo que tudo era culpa de outrem e já conhece aquele que virou a barca. Ops, a nau. O resto, é figuração. Pena o Tadeu vereni, um parlamentar nota 10 se meter nesse jogo. Sai fora meu filho. Ainda dá tempo.

  8. Requião filho, Maria Vitória e Xenia mostraram-se aventureiros, desconhecendo os verdadeiros problemas de Curitiba. Requião preocupado mais com incentivo aos artistas (devem ser apoiados) do que a necessidade da população onde estão as maiores demandas e o Fuet tentando se defender do indefensável e o coitado do Tadeu que não tem o que falar depois de tudo o que o partido dele fez.

  9. Bianca Nascimento Responder

    De longe, o candidato que mais parecia estar preparado era o Ney Leprevost! O Fruet achando que Curitiba tá bem (coitado) e Greca, com o apoio do falso do Beto, achando que os projetos utópicos e antigos dele se aplicam à nova realidade da cidade.Precisamos de gente nova e nova forma de administrar Curitiba!

  10. Grega e Leprevost demonstraram conhecer a cidade e tem alguns argumentos úteis. Os demais, puro blá,blá,blá,..
    Requiãozinho imaturo, desgovernado, quer apoio dos artistas kkkk …só pode ser para fazer bastante ” arte ” , tipo brincadeira de criança.
    Xênia, a deslumbrada , serve como linha auxiliar do Veneri que por sinal, apagadíssimo diante das tenebrosas circunstâncias.
    Fruet, o de sempre, fala , fala, e só .
    Maria Vitória cheia de paz e amor, é aquela que pensa que vai arrumar tudo, sem problemas ou feitos

  11. – Prefeito Gustavo Fruet foi o melhor sem dúvida alguma, demonstrou um profundo conhecimento dos problemas da cidade, atualmente o País passa por uma profunda crise política e financeira e mesmo assim o atual Prefeito conseguiu realizar dentro do possível, várias obras que tornaram uma Curitiba mais humana para a sua população.
    – Maria Vitória : muito jovem e sem conhecimento algum sobre administração pública
    – Requião Filho : inexperiente,deslumbrado e sem conhecimento sobre a cidade.
    – Ney Leprevost : sem conteúdo
    – Tadeu Veneri : candidato do PT – bom parlamentar como Deputado Estadual, mas se quiser disputar outro cargo público terá que sair do PT.
    – Rangel – totalmente sem condições
    – Ademir – totalmente sem condições
    – Rafael Greca – o deslumbrado, o contador de histórias, totalmente fora da casinha, prometendo o que não pode ser cumprido, vive do passado, propostas do seu plano de governo que são motivos de piadas. Como disse o Tadeu Veneri, parece que o Greca quer vender terreno na Lua e Aptos na Torre da Telepar. Seu tempo já passou, agora a realidade é outra.

    – Xenia Melo : deslumbrada e sem noção

Comente