Uncategorized

Justiça determina que Ibope entregue dados secretos de pesquisa ao PROS

Instituto deve apresentar documentos, relatórios e até os tablets usados no levantamento, além de permitir que partido questione entrevistadores de campo

O Partido Republicano da Ordem Social (PROS) obteve na Justiça o direito de acessar todos os dados da última pesquisa Ibope. As informações requeridas não são divulgadas nem pela contratante nem pelo instituto de pesquisa. São elas: sistema interno de controle e verificação de dados coletados, questionário completo aplicado e dados relativos aos bairros em que foi realizado o levantamento, entre outros documentos. O juiz também determinou que o Ibope apresente os tablets usados na pesquisa, bem como o roteiro percorrido por cada um deles. O instituto também deve informar local e hora dos envios pelos tablets de cada um dos questionários, e permitir ao PROS acesso direto aos entrevistadores e supervisores.

Na pesquisa anterior feita pelo mesmo instituto, o PROS obteve o acesso a esses dados após determinação judicial. A equipe de advogados do partido constatou então diversas inconsitências na pesquisa, tais como formulários com mais de uma opção preenchida, disparidades entre a população dos bairros e a quantidade de entrevistas realizadas na região, diferenças muito grandes na quantidade de entrevistas entregue por cada examinador e nível econômico dos entrevistados fora da proporção demográfica e da margem de erro.

Ademar Pereira, candidato a prefeito pela legenda, e a equipe jurídica do PROS estão disponíveis para entrevistas e esclarecimentos.

3 Comentários

  1. Observador Atento Reply

    Concordo plenamente que a justiça determine o acesso às informações solicitadas à exceção ao acesso direto aos entrevistadores e supervisores. Este acesso, se realizado durante a entrevista, põe pressão sobre entrevistador e entrevistado , influenciando na resposta. Como se pode permitir questionamentos de terceiros,por interessados no resultado? Com certeza absoluta influenciará no resultado da pesquisa.

  2. Leiam com atenção o último parágrafo desta notícia.
    O livre atirador Ademar Pereira e seus advogados, o que buscam é um momento de fama,por isso se colocam à disposição de quem interessar possa para entrevistas, quando então estariam na boca do povo. Será que eles pensam que o ibope do camarada vai mudar ao ponto de colocá-lo na disputa?

  3. E por que uma pesquisa eleitoral tem “dados secretos”? Algo a esconder?

Comente