Uncategorized

PT perde 50 mil cargos

Painel, Folha de S. Paulo

Apeado do governo federal e com cerca de 350 prefeituras a menos do que havia conquistado em 2012, o PT projeta um cenário em que até 50 mil pessoas que ocupavam cargos comissionados nas máquinas administradas pelo partido perderão os postos em 2017, quando a sigla será desalojada de grandes estruturas como a Prefeitura de SP. O número circula em reuniões internas. Além do revés político, uma questão prática: as doações dos filiados — agora sem cargo — devem despencar.

6 Comentários

  1. -Não farão falta alguma, salvo algumas e raríssimas exceções onde a competência fala mais alto do que o discurso ideológico!!!

  2. Nao sejamos ingênuos o governo dilma aumentou a mesada dos partidos, podendo atingir quase HUM BILHÃO DE REAIS.
    Dinheiro suado e honesto, indo para um caminho tortuoso.
    Quando só se falam em crise e aumento de impostos.

  3. Carlos Roberto Responder

    Pelos menos vão trocar os parasitas, porque o Beto Richa manteve os apadrinhados do Requião e colocou os seus para duplicar o nosso prejuízo.
    Porque será que o governo não tem dinheiro ? Elementar meu caro Beto Richa. É UM SACO SEM FUNDO.

  4. Caro FÁBIO, em primeiro lugar esses elementos que estarão sendo demitidos dos cargos comissionados das prefeituras não serão percebidos nas suas ausências, pois apenas faziam política, não eram produtivos para suas comunidades. Não sejamos ingênuos, esses membros da ORGANIZAÇÃO continuarão recebendo seus ” passa-moleque” da ORGANIZAÇÃO para continuar a prestação de serviços na desorganização da sociedade que está trabalhando, e como exemplo podemos citar as organizações CUT, MST, APP-SINDICATO com mobilização contra a sociedade com movimentos paredistas. Atenciosamente.

Comente