Uncategorized

GLEISI HOFFMANN
Essa mulher atrasa o Brasil

cleise-abre-ie
Denunciada pela Lava Jato, agora a petista Gleisi Hoffmann assume a postura do quanto pior melhor, tenta retardar a aprovação da PEC do Teto do Gasto Público e é interpelada nos corredores do Senado

Mário Simas Filho, na Isto É

Ex-ministra da Casa Civil e denunciada pela Operação Lava Jato, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) começou a manchar publicamente a própria biografia quando adotou a postura de líder da tropa de choque de Lula e Dilma no Senado. Depois do impeachment, ela vem transformando sua atividade parlamentar em sinônimo da política do quanto pior melhor, promovendo uma oposição inconsequente que em nada contribui para que o País avance. A última investida de Gleisi contra o País se deu na semana passada, durante a tramitação da PEC do Teto dos Gastos Públicos.

A proposta, já aprovada em dois turnos pela Câmara dos Deputados, é apontada pelo governo, por economistas e até por parte da oposição, como um instrumento indispensável para que o País retome o equilíbrio fiscal e reencontre o caminho do crescimento. Para entrar em vigor, a PEC precisa ser aprovada em dois turnos no plenário do Senado, o que deverá ocorrer até 13 de dezembro. Antes de ir ao plenário, porém, o projeto precisa do aval da Comissão de Constituição e Justiça, o que poderia ter ocorrido já na terça-feira 1, não fosse a atuação de Gleisi.

Na véspera da reunião, a senadora apresentou uma absurda proposta de emenda prevendo que após a aprovação da PEC no Senado a mesma deveria ser aprovada em referendo popular antes de entrar em vigor. É evidente que a petista apenas tenta tumultuar. Seria natural que Gleisi, como senadora de oposição, apresentasse projetos alternativos ao do governo e que o Parlamento fizesse o debate sobre as propostas para, em nome do povo, definir o rumo a ser seguido. O problema é que nem Gleisi e nem o PT têm uma proposta paralela. A senadora busca, então, apenas retardar a aprovação da PEC. “Essa é uma postura irresponsável, pois enquanto não se aprovar a PEC o Brasil manterá a tendência de estagnação econômica ou crescimento mínimo”, observa o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), relator da PEC no Senado. Na terça-feira 1, Oliveira apresentou parecer em que defende a constitucionalidade da proposta e rejeita qualquer alteração, inclusive a estapafúrdia emenda de Gleisi. “Não temos dúvida sobre a aprovação, mas o Brasil tem pressa e teríamos ganhado uma semana se não houvesse essa falsa discussão”, afirmou o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) a dois colegas de partido. Durante a sessão, para impedir que os falsos debates protagonizados por Gleisi seguissem, Ferraço pediu vistas e encerrou a questão.
“A postura (de Gleisi) é irresponsável, pois enquanto não se aprovar a PEC o Brasil manterá a tendência de estagnação econômica ou crescimento mínimo” Eunício Oliveira, relator da PEC
“A postura (de Gleisi) é irresponsável, pois enquanto não se aprovar a PEC o Brasil manterá a tendência de estagnação econômica ou crescimento mínimo” Eunício Oliveira, relator da PEC

INTERPELAÇÃO PÚBLICA

As flagrantes tentativas de sabotar qualquer iniciativa que possa fazer o País avançar, tem levado a senadora petista a ser hostilizada por colegas parlamentares e já provocam reação em parte dos eleitores. “A senadora está ultrapassando os limites e fazendo uma oposição destrutiva”, disse um dos principais lideres do PSDB no Senado na quinta-feira 3. “Essa postura não contribui sequer com a oposição”. Nos corredores do Congresso, as pessoas já interpelam a senadora sem constrangimento. Há poucos dias, Gleisi conversava com um jornalista quando foi abordada por uma cidadã:

– Oi Gleisi, você já está preparada para ser presa?, perguntou.

– Não querida, mas você pode ir!, respondeu a senadora.

– Eu não. A bandida aqui não sou eu, disse a mulher.

Em seguida, Gleisi pede a um assessor para chamar a segurança do Senado a fim de deter a mulher. O diálogo foi gravado e na semana passada, depois de a senadora tumultuar a Comissão de Constituição e Justiça, viralizou nas redes sociais. Gleisi e seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, foram denunciados pela Procuradoria Geral da República por terem desviado recursos da Petrobras para campanhas políticas e até para pagar contas pessoais. Paulo Bernardo chegou a preso por desviar recursos de empréstimos concedidos a servidores públicos aposentados.

Fotos: Ricardo Botelho/Brazil Photo Press; Aílton de Freitas/Ag. O Globo

14 Comentários

  1. A CULPA E DO FHC Responder

    MINISTRO TEORI ALBINO ZAVASKI,
    FAÇA UM FAVOR PELO POVO BRASILEIRO; DECRETE A PRISÃO DA SENADORA GLEYSE.

    ESSA MULHER QUE FOI ELEITA POR UM ESTADO IMPORTANTE DA FEDERAÇÃO NÃO MERECE ESTAR REPRESENTANDO AQUELE ELEITORADO, QUE ESTÁ TOTALMENTE ARREPENDIDO DE TER VOTADO NELA.

    ALIAS, PEÇA PARA SEU COLEGA DIAS TOLOLI PARA DEVOLVER O PROCESSO DO MARIDO DA PLEYSE, PAULO BERNARDO, PARA DETERMINAR SE RETORNO A PRISÃO.

    ESSE É O PEDIDO DE TODOS OS PARANAENSES!!

  2. eleitor desmemoriado. Responder

    Coitada da Barbie paraguaia, para ela só sobrou isto mesmo, dar uma de juiz e sentar em cima do processo. Coitadinha, só nos resta rezar por esta coitada, está nos seus últimos estertores. Pobrezinha.

  3. É chover no molhado, mas, água mole em …ela não tem jeito continua a mesma está com a vida enrolada mas não perde a empáfia a antipatia a arrogância e tudo de ruim, mesmo sabendo que tem pela frente um caminho incerto e não sabido(com seu mais enrolado marido que teve a coragem de mexer com aposentados etc…) porque as críticas a medida do teto do gasto?É que este plano esta como o plano Real que salvou o país e a petezada foi contra é a mesma coisa eles sabem que com outras medidas mais o Brasil se salvará,, apesar que é tudo que os arautos do mau não querem e que não engoliram a fragorosa derrota nas últimas eleições e tambem ela sabe que sua vida política esta acabada.

  4. Quando um(a) político(a) assume o papel contra a nação é depri-
    mente. A Gleisi que é uma Senadora Paranaense (infelizmente) se
    colocou ao lado de todos os trambiques possíveis ao lado do Lula
    e Dilma. O seu marido protagonizou a maior roubalheira dos aposen-
    tados e agora ela continua colocando pedra no caminho do país.
    Se um estado que possui políticos lutando por ele está difícil, ima-
    gina tendo uma Senadora contra. Está na hora de mudar o rumo des-
    ta imbecil.

  5. Roberto Cardoso Responder

    Isso é uma desgraça. Um aborto da natureza. 99% dos paranaenses se sentem envergonhados de ter uma mula dessas no senado. Mas seus dias estão contados.

  6. Será que ela vai tentar a reeleição em 2018? Estou torcendo para isso, pois há grandes possibilidades dela, finalmente, CAIR NO COLO DO DR. MORO, que, não tenham dúvidas, saberá o que fazer com ela!! O PT e os petistas acharam que o Brasil era deles e que estava “tudo dominado”!!! Acreditaram nesse lema que nós mesmos, opositores desses ladrões do Erário, inventamos, para forçar as autoridades do MPF e JF a tomarem as devidas providências, como de fato acabaram tomando, via Lava Jato!!!

  7. Podemos afirmar que todos os exemplos petistas não servem para Curitiba, portanto, a grande rejeição. Ainda sobrevive por apoios de sindicatos, sendo estes usados e manipulados até então por verbas e impostos favorecidos pelo interesses do partido que se locupleta destas bases.

  8. Esta Senadora Gleisi Hoffman é um Câncer q o PT deixou, sou de Curitiba e quero dizer que ela não Representa nem a mim e nem minha Familia, Não votei nela e nem no Roberto Requião, são a VERGONHA do meu Amado Estado do Paraná. Esta demorando muitooo desta Senhora e seu Esposo Paulo Bernardo de serem Presos, queria saber o que Falta para jogar estes Dois no Xadrez… Vou soltar muito Foguete quando chegar este dia que espero q chegue logo…

  9. Dionleno Silva Responder

    Nem o Animal Silvestre consegue argumentos para vir aqui defendê-la, então a coisa tá feia pra narizinho.

  10. Raimundo Amorim Responder

    Esses Senadores e Deputados eles nao tao sem vergonhas asim. Pois sem vergonha mermo e quem vota neles

  11. Deberson dos santos silva Responder

    Pra mim essa mulher e muito insuportavel,arrogante,prepotente,autoritaria,e nada de interessante pra oferecer pra nacao brasileira.

Comente