Uncategorized

Avaliação ruim do governo Temer sobe de 39% para 46%

temer_por_givaldo_barbosa_-_globo

A avaliação negativa do governo do presidente Michel Temer (PMDB) aumentou para 46% em dezembro, mostra pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria e divulgada nesta sexta-feira, 16. No levantamento anterior, realizado em setembro e divulgado em outubro deste ano, o porcentual dos que avaliavam o governo como ruim ou péssimo era de 39%. As informações são do Estadão/IstoÉ.

A avaliação positiva do governo Temer caiu de 14% para 13% entre setembro e dezembro. A avaliação regular do governo do peemedebista também oscilou levemente para 35% em dezembro ante 34% na última pesquisa. Os que não souberam ou não responderam sobre a avaliação do governo representaram 6% dos entrevistados em dezembro, ante 12% em setembro.

A aprovação pessoal do presidente também piorou. Em dezembro, 64% dos entrevistados disseram desaprovar a maneira de Temer governar. Em setembro, esse porcentual era de 55%. Já os brasileiros que aprovam o jeito do presidente de administrar o País oscilou de 28% para 26% de setembro para dezembro. Outros 10% não sabem ou não responderam essa questão em dezembro, ante 17% em setembro.

Temer x Dilma

A pesquisa traz ainda a comparação da administração Temer com o governo da presidente cassada Dilma Rousseff (PT). Em dezembro, o porcentual dos que avaliaram que o governo Temer é melhor do que o da petista diminuiu para 21%, ante 24% em setembro.

(foto: EBC)

2 Comentários

  1. De jeito que a coisa vai duvido muito que o presidento emplaque um ano no cargo, pior do que ele só mesmo a infeliz, esta é inigualável no quesito ruindade. Mas corre sério risco do presidento empatar com a infeliz.

  2. Com o número de MInistros envolvidos em corrupção, incluindo o
    próprio Presidente, fica difícil acreditar que este governo chegue ao
    fim do mandato. O nosso grande problema é que não temos mais
    ninguem para ocupar estes cargos. A descrença política tomou con-
    ta de todos os brasileiros…

Comente