Uncategorized

Ao apagar das luzes!

unnamed

Por Mirian Gonçalves

A criança mimada, dona da bola, perde o jogo, pega a bola e vai embora vitorioso! Mal sabe que, quem ri por último, ri sozinho. E assim se comportou o prefeito Gustavo Fruet em seus últimos momentos.

Recusou-se a publicar os três decretos que editei: 1. Declaração de utilidade pública de área na CIC, onde vivem mais de 1300 famílias em alta vulnerabilidade social. O decreto não acarreta o gasto de um centavo, apenas apazigua um conflito de terras. A desapropriação é um novo passo e que poderá ocorrer na gestão que inicia em 2017 ou até mesmo na próxima. 2. Trata de um busto em homenagem a um dos maiores advogados de trabalhadores do Brasil, o paranaense Edésio Franco Passos, histórico na luta contra a ditadura militar e que esteve muito à frente do seu tempo, influenciando diversas gerações. E por fim, o terceiro decreto que determinava a retirada das anotações de falta ao trabalho dos servidores municipais da educação, saúde e guarda que participaram de greve, no período de 2014 e 2015. Não se referia, portanto, ao abono de faltas, o que, nesse caso, geraria custos ao município.

Pois bem, nos últimos minutos do último dia do seu governo, reescreveu esse decreto 1396/2016 (que dispõe justamente sobre a retirada das anotações de falta ao trabalho dos servidores municipais que participaram de greve em 2014 e 2015) e publicou-o, só que desta vez assinado por si.

Que feio!

Parabéns aos funcionários e ao SISMUC!

Mirian Gonçalves, vice-prefeita de Curitiba.

6 Comentários

  1. Este fel só podia ter sido destilado por uma pessoa como esta pestista, esta gente além de não saber perder também não sabe a hora de para de tanto falar. Chega moça, como dizem os gaúchos, já deu pra ti. Ah mais um conselho, no passado a tua vovó devia dizer assim, “vá chorar na cama que é lugar quente”. Se ela não dizia eu digo, vá chorar na cama.

  2. Vice não é para sair publicando decreto à revelia. É para manter a administração sem solução de continuidade.
    Incrível faltar tal senso crítico a uma pessoa instruída.
    Incrível.
    Talvez o que parece imoralidade seja amoralidade, gravada no DNA do PT, o que explicaria sequer corarem diante dos seus próprios desatinos.

  3. A greve foi considerada ilegal, e agora abonam as faltas? Coisa de politicagem. O povo que se lasque. Um desserviço à Curitiba Dra Miriam. Sua gestão como vice foi vergonhosa.

  4. Nenhuma ação desta moça deve ser levada a serio. Como membro atuante da maior organização criminosa deste país, o PT, deveriamos agora nesta nova gestão reexaminar todos os atos por ela cometidos. E suma da vida publica, vai destilar seu veneno longe do povo trabalhador que não merece voce nem sua quadrilha……

  5. Até que enfim o Gustavo fez algo que prestou. Só o que me faltava nessa cidade era erguer busto pra petista.

Comente