Uncategorized

Maurício Appel pede demissão da Fundação Cultural de Curitiba

mauricio-appel

O presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Maurício Appel, pediu demissão ao prefeito Rafael Greca (PMN). A demissão aceita na noite desta quinta-feira, 19, foi confirmada por assessores de Greca e o motivo pode ter sido a condenação de Appel no TCU por dano ao erário público.

Appel foi multado em R$ 42 mil e obrigado a devolver os valores mais de R$ 250 mil da captação via lei de incentivo à cultura do projeto de produção do CD “Serro Azul”, trilha sonora do filme “O Preço da Paz”, realizado por ele em 2003.

A condenação, ocorrida em 2014 e transitada em julgado em maio de 2016, fez com que o nome de Appel constasse da relação de responsáveis com contas julgadas irregulares, enviada pelo TCU à Justiça Eleitoral para impedimento de concorrência a cargo eletivo.

(foto: facebook)

4 Comentários

  1. O Mauricio Appel seria um excelente presidente da FCC. Infelizmente tem esse entrave com o TCU. Mas ao novo presidente se não fizer a limpa no segundo escalão da FCC não conseguirá administrar, de olho nestes institutos novo presidente, o pessoa é serra pé de cadeira!

  2. Claro está que o prefeito Rafael Greca ao descobrir, ou ser informado do problema, “convidou” Appel a pedir exoneração, como manda a cartilha dos homens de bem. Até acredito que Greca não sabia do fato, até porque, cabe a seus assessores filtrarem a ficha dos que ocuparão cargos no primeiro escalão, e informar ao prefeito para evitar desgaste deste tipo.

Comente