Uncategorized

Mobilização do ‘Dia das Doenças Raras’ movimenta Boca Maldita

IMG_1999

Uma mobilização alusiva ao Dia Mundial das Doenças Raras movimentou a Boca Maldita neste final de semana. A iniciativa, realizada durante a manhã deste sábado pela Associação dos Familiares, Amigos e Portadores de Doenças Graves e Raras (Afag) e pelo Grupo Paraná de Doenças Raras (Gpdr), reuniu centenas de pessoas. O evento contou com a presença da deputada estadual Maria Victoria, da vice governadora Cida Borghetti e do ministro da Saúde Ricardo Barros.

Quem compareceu encontrou voluntários e profissionais tirando dúvidas e oferecendo serviços gratuitos, como aferição da pressão e de glicemia, além de cadastro para doadores de medula óssea.

Maria Victoria, que promoverá na manhã de quarta-feira na Assembleia Legislativa do Paraná um Seminário sobre o tema, destacou a importância da divulgação destas ações: “Pedimos apoio à população que ajude a divulgar a causa das Doenças Raras. Pois temos mutas associações em todo o Brasil, principalmente no Paraná, que têm condições de diagnosticar e tratar essas doenças”, disse.

Doenças Raras – Estudos já diagnosticaram mais de 8 mil tipos de Doenças Raras. De acordo com a OMS – Organização Mundial da Saúde, a estimativa é de que 6% a 8% da população mundial tenha uma Doença Rara – o que significa aproximadamente 13 milhões de brasileiros e mais de 100 mil curitibanos.

Comente