Uncategorized

Chapa Dilma-Temer,
a saga

O Ministério Público Eleitoral vai recorrer da decisão do TSE, que absolveu a chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer da eleição de 2014.
O procurador-Geral Eleitoral, Nicolao Dino, estuda os argumentos que apresentará à Suprema Corte. Ele tem um prazo de 15 dias para fazer isso, contado a partir da publicação do acórdão com a decisão do TSE – o que ainda não aconteceu.

As informações são da revista Época.

2 Comentários

  1. Dino Sauro. As instituições brasileiras são jurássicas. Monstros gastadores de dinheiro e repletos de vaidades e egolatrias. Tem que reformar o Estado brasileiro inteiro.

  2. Caro FÁBIO, Primeira notícia alvissareira dessa semana. Essa notícia demonstra que a sociedade não está morta e enterrada como esperam os líderes políticos parlamentares. Essa ação demonstra que ainda existem pessoas com dignidade nas altas cortes. Vamos aguardar para ver. Atenciosamente..

Comente