Uncategorized

Fernanda e Beto Richa condenados a pagar diárias

O juiz Roger Vinicius Pires de Camargo Oliveira, da 3ª Vara de Fazenda Pública de Curitiba, condenou Fernanda e Beto Richa a o valor gasto em duas diárias de parada técnica em Paris durante uma viagem oficial em outubro de 2015, ao Oriente. É decisão de primeira instância e cabe recurso.

A ação civil pública foi aberta, entre muitos, por Rodrigo Tomazini, candidato ao governo do Paraná pelo PSTU em 2014; Gisele Ricobom, professora da Universidade Federal da Integração Latino-Americana; Ramon Prestes Bentivenha, advogado; Xênia Mello, advogada e candidata à prefeitura de Curitiba pelo PSOL em 2016 e Bernardo Seixas Pilotto, candidato ao governo do estado pelo PSOL em 2014.

Em nota assinada pelo procurador-geral do Estado, Paulo Rosso, o governo diz que considera a decisão “equivocada, pois tais valores já foram restituídos voluntariamente ao final da missão internacional, que teve por escopo a busca de investimentos e empregos para o Paraná”.
Segundo a PGE, os valores que teriam sido ressarcidos teriam sido “superiores aos utilizados na parada técnica na França”.
“Assim sendo, o Estado apresentará recurso contra a decisão de forma a ser restabelecida a justiça ao caso concreto”, finaliza o procurador.

2 Comentários

  1. Pra ir a China tem mesmo que fazer conexão e geralmente perde-se um dia ou pela Europa ou pela África. Mas não precisavam ficar 2 dias né 😕 kkk
    Quando vou pra China é assim mesmo que funciona mas em se tratando do governador a oposição oba oba não deixaria passar pra mostrar serviço

  2. Quem faz maldade recebe o retorno em conta gotas! Tem muita mais, mas muito mesmo.

Comente